• O Plano com Aposta
    Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas Departamento de Ciência Política Gestão Pública RESENHA O PLANO COMO APOSTA (Carlos Matus) DISCIPLINA: DCP-044 - PLANEJAMENTO E GESTÃO EM ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS PROFESSORA...
    1868 Palavras 8 Páginas
  • Resenha
    REZENHA O Plano como Aposta (Carlos Matus), cuja temática é: O PLANO E A GOVERNABILIDADE DO HOMEM SOBRE AS SITUAÇÕES. O autor medita a temática de estratégicas para um plano de ação enquanto tomadores de decisões que precisa dar resultados com o comprometimento político social e...
    688 Palavras 3 Páginas
  • planejamento estratégico
    situacional). No PES as apostas são em vários cenários: o planejamento é realizado por problemas, incertezas, cálculo tecnopolítico, os sujeitos são atores, o sistema é aberto e a teoria é de participação em um jogo. Segundo Carlos Matus, Planejamento diz respeito a um conjunto de princípios...
    2006 Palavras 9 Páginas
  • Metodologia do Planejamento Estratégico
    ). Administração. Rio de Janeiro, LTC. HUERTAS, F. (1996). Entrevista com Matus . São Paulo, FUNDAP. MATUS, C. (1991). O plano como aposta. São Paulo em Perspectiva. São Paulo, out/dez. MATUS, C. (1993). Política, planejamento e governo. Brasília, IPEA, v.I e II. MINTZBERG, H.; AHLSTRAND, B.; LAMPEL, J. (2001...
    8957 Palavras 36 Páginas
  • Planejamento e Orçamento governamental
    pode alcançar. No segundo, não decide quanto a nada, só pode apostar no futuro e entregar-se ao destino. É um espectador do mundo que o determina e que não pode alterar. Pode apenas julgar e criticar essa realidade, 116 Carlos Matus ou agradecer e lamentar a sua sorte. Mesmo na zona limite desse...
    390 Palavras 2 Páginas
  • Planejamento estratégio
    processo do planejamento. São esses momentos: O texto a seguir é uma síntese do pensamento de Carlos Matus, expressado em seus textos "Planejamento, Liberdade e Conflito" e "O Plano como aposta". 1. O Momento Explicativo: quando o ator que planeja está permanentemente indagando sobre as...
    4462 Palavras 18 Páginas
  • Modelagem
    recursos para o fornecimento do lanche afetem sua qualidade Alta Ação: a. Buscar tratamento legal diferenciado para o conveniamento do reforço alimentar do Programa Carlos Matus: Toda aposta esconde fragilidades, tente sempre descobri-las questionando as circunstâncias que invalidam o...
    14267 Palavras 58 Páginas
  • Trabalho
    políticas. São Paulo: Fundap, 1996. MATUS, C. O líder sem estado maior. São Paulo: Fundap, 2000. MATUS, C. O método PES: roteiro de análise teórica. São Paulo: Fundap, 1997. MATUS, C. O plano como aposta. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, p. 28-42, out./dez. 1991. MATUS, C. Política, planejamento e...
    10307 Palavras 42 Páginas
  • Eu mesmo e sempre eu
    conceitos apresentados, pesquise as indicações sugeridas: ÍÍ que é o planejamento estratégico situacional – de Jackson de Toni. O Disponível em: . Acesso em: 9 jun. 2011. ÍÍ plano como aposta – de Carlos Matus. Disponível em: . Acesso em: 9 jun. 2011. Módulo 5 35 Planejamento e...
    40759 Palavras 164 Páginas
  • bsc balanced
    resultados concretos, e de contribuir  efetivamente para aumentar a capacidade de governar.  Em estudos mais recentes do Economista chileno Carlos Matus (1993;  1997a, 1997b, 2000), pode-se identificar a emergência de novas sínteses o qualificativo "novas" é usado aqui para distinguir essa nova postura...
    11436 Palavras 46 Páginas
  • Planejamento
    planejador e as não controladas, constituindo-se em uma resistência para a concretização dos objetivos propostos pelo plano (MATUS, 2000). [2] Chileno, Carlos Matus foi Ministro do Governo Allende (1973) e consultor do ILPES/CEPAL falecido em Dezembro de 1998, ministrou vários cursos no Brasil...
    11440 Palavras 46 Páginas
  • Planejamento e gestão participativa
    Gestão. A depender do grau de formalização do “cálculo que precede e preside a ação”, o seu produto pode ou não estar estruturado na forma de um “Plano Estratégico”. Com raízes no marxismo, Carlos Matus procedeu a uma aguda crítica ao Planejamento Normativo, construindo sua proposta sobre a noção de...
    45535 Palavras 183 Páginas
  • Tecnologia de gestão
    ://www.nt.gov.au/health/healthdev/health_promotion/bushbook/bushbook_toc.shtml (7) Melo, Elza Machado. Ação comunicativa, democracia e saúde. Ciências e Saúde Coletiva 10 (supl.) 167-178, 2005. (8) Matus, Carlos. O Plano como Aposta. São Paulo em perspectiva. 5 (4): 28-42 out/dez. 1991....
    1993 Palavras 8 Páginas
  • Planejamento
    de Matus. Na terceira seção são apresentados as possibilidades de articulação e coordenação das políticas públicas e dos atores que interagem com o plano. 1. O planejamento na administração pública na concepção de Carlos Matus Um dos principais pesquisadores do planejamento estratégico governamental...
    3821 Palavras 16 Páginas
  • Planejamento Estratégico Situacional
    também seja viável do ponto de vista político, econômico e institucional-organizativo” (MATUS apud BELCHIOR, 1999: 39). Segundo Huertas (1996: 69), este é o momento mais complexo do processo, porque “aponta para o problema político de analisar e construir a viabilidade do plano”. Se não houver uma...
    2496 Palavras 10 Páginas
  • Planejamento
    características do Planejamento Estratégico Situacional: 1. Indeterminista (predições incertas) 2. Subjetivo (apreciação situacional) 3. Várias apostas em cenários 4. Plano por problemas 5. Incerteza e surpresas 6. Cálculo tecnopolítico 7. Os sujeitos são atores 8. Sistema aberto (várias possibilidades...
    449 Palavras 2 Páginas
  • planejamento
    Situacional (PES) e a importância do Triângulo de Governo na concepção de Matus. Na terceira seção são apresentados as possibilidades de articulação e coordenação das políticas públicas e dos atores que interagem com o plano. 1. O planejamento na administração pública na concepção de Carlos Matus...
    4186 Palavras 17 Páginas
  • Oficina de Planejamento Estratégico
    como uma APOSTA contra as incertezas. PES x Modelo Tradicional • Para Matus ESSA OPOSIÇÃO SE CONFIGURA EM QUATRO ÂMBITOS • 1. como explicar a realidade • diagnóstico x análise situacional • 2. como conceber o plano • determinista x incerteza dura • 3. como tornar o plano viável...
    1903 Palavras 8 Páginas
  • Responsabilidade Fiscal
    programas de governo. Em relação ao orçamento o renomado economista chileno, Carlos Matus afirma que: O planejamento não consiste apenas em conhecer a realidade, projetar para o futuro e estudar as possibilidades estratégicas de realização do plano. A verdade é que se trata de um processo permanente e...
    9539 Palavras 39 Páginas
  • Metodologias de planejamento
    . Planejamento: Compromisso com a Ação. In: ENRICONE, Delcia & alii. Ensino: Revisão Crítica. Porto Alegre, Sagra, 1988. HUERTAS, Franco. O Método PES: entrevista com Carlos Matus. São Paulo: FUNDAP, 1996. LOPES, Antonia O. Planejamento do Ensino numa Perspectiva Crítica da Educação. In: VEIGA...
    675 Palavras 3 Páginas