• O Plano com Aposta
    O PLANO COMO APOSTA (Carlos Matus) DISCIPLINA: DCP-044 - PLANEJAMENTO E GESTÃO EM ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS PROFESSORA: GERALDA ALUNO: ADELTON LÚCIO ROSA DATA: 29/10/2013 OBJETIVO Realizar o fichamento do Texto de Carlos Matus ( O Plano como Aposta), explicando...
    1868 Palavras 8 Páginas
  • Metodologia do Planejamento Estratégico
    expostos aqui através de uma comparação entre as deficiências que Mintzberg levanta sobre o PEE e alguns conceitos do método PES, desenvolvido por Carlos Matus. Por motivos óbvios, não faz parte do objetivo deste trabalho propor a substituição do PEE pelo PES. Os autores têm consciência da importância...
    8957 Palavras 36 Páginas
  • Resenha
    REZENHA O Plano como Aposta (Carlos Matus), cuja temática é: O PLANO E A GOVERNABILIDADE DO HOMEM SOBRE AS SITUAÇÕES. O autor medita a temática de estratégicas para um plano de ação enquanto tomadores de decisões que precisa dar resultados com o comprometimento político social e econômico...
    688 Palavras 3 Páginas
  • Resenha de o Plano como aposta
    AS PRINCIPAIS TAREFAS DE UM BOM PLANEJADOR Carlos Matus (1991) em “O Plano como Aposta” apresenta um processo de planejamento social onde o homem é colocado entre dois polos: no primeiro controla totalmente os resultados de sua prática, decide, faz e distingue os objetivos que pode alcançar. No segundo...
    1126 Palavras 5 Páginas
  • planejamento estratégico
    as restrições e vencer as resistências dos outros ao próprio plano. Enfim, o planejamento é um processo incessante e contínuo, no qual se repetem, constantemente, o cálculo, a ação, a avaliação de resultados e a correção dos planos. O plano está pronto, mas ao mesmo tempo, sempre está sendo feito. ...
    2006 Palavras 9 Páginas
  • Planejamento estratégio
    técnicas diferentes para organizar sua liberdade através de um plano. Entre eles, vamos conhecer neste momento o Planejamento Estratégico Situacional. O Planejamento Estrategico Situacional, tambem conhecido como PES, foi criado por Carlos Matus, presidente do Banco Central, assessor presidencial e ministro...
    4462 Palavras 18 Páginas
  • Planejamento e Orçamento governamental
    apenas julgar e criticar essa realidade, 116 Carlos Matus ou agradecer e lamentar a sua sorte. Mesmo na zona limite desse último caso, porém, a história mostra-nos líderes que desafiam o impossível, nas condições mais adversas. Nesse extremo teórico, o plano submete-se à máxima prova de sua eficácia...
    390 Palavras 2 Páginas
  • Modelagem
    27 ANEXOS ANEXO I - CONCEITOS BÁSICOS DO MODELO LÓGICO 29 ANEXO II - QUESTIONÁRIOS PARA ENTREVISTAS 30 ANEXO III – ELABORAÇÃO DO PLANO DE AVALIAÇÃO 31 ANEXO IV - ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE OFICINA 32 3 INTRODUÇÃO A construção do modelo lógico é uma proposta para...
    14267 Palavras 58 Páginas
  • resumo sobre dermache
    partir do valor e posição competitiva e do volume de produção dos segmentos, é o instrumento que permite visualizar o desempenho da instituição; 6. Plano de ação: constitui no conjunto de ações que devem estar em constante análise com o objetivo de aumentar o controle dos fatores-chaves de sucesso. É...
    725 Palavras 3 Páginas
  • Trabalho
    2. Referencial teórico 2.1 Introdução ao Planejamento Estratégico Situacional (PES) O PES é uma metodologia criada pelo economista chileno Carlos Matus. O PES é um método e uma teoria do planejamento estratégico público, considerado pelo autor o mais novo dos ramos do planejamento estratégico. Foi...
    10307 Palavras 42 Páginas
  • Avaliação da gestão da descentralização das ações do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária no Estado do Rio de Janeiro
    descentralização, destacando a estrutura organizacional e o arcabouço legal que orienta e regulamenta o processo de descentralização materializado através do Plano Plurianual do Estado do Rio de janeiro - PPA 2012-2015 e do planejamento na forma de ações programadas para os municípios. Em seguida, realizaremos...
    3985 Palavras 16 Páginas
  • Eu mesmo e sempre eu
    EDUCAÇÃO Fernando Haddad PRESIDENTE DA CAPES Jorge Almeida Guimarães UNIvERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA REITOR Alvaro Toubes Prata VICE-REITOR Carlos Alberto Justo da Silva CENTRO SóCIO-ECONôMICO DIRETOR Ricardo José de Araújo Oliveira VICE-DIRETOR Alexandre Marino Costa DEPARTAMENTO DE CIêNCIAS...
    40759 Palavras 164 Páginas
  • Planejamento e gestão participativa
    PAIM, 2009). A Política de saúde abrange questões relativas ao poder em saúde (Politics), bem como as que se referem ao estabelecimento de diretrizes, planos e programas de saúde (Policy) (SOUZA, 2007; VIANA; BAPTISTA, 2008). Desta feita, inclui tanto as dimensões do poder quanto as diretrizes. Logo, a análise...
    45535 Palavras 183 Páginas
  • Planejamento
    planejamento e gerenciamento em saúde, discutindo conceitos, estratégias, possibilidades e propondo mecanismos de intervenção no processo da formulação dos planos municipais. CAPITULO I REVISÃO DA LITERATURA O sucesso alcançado por um planejamento fundamenta-se em princípios...
    11440 Palavras 46 Páginas
  • bsc balanced
    limitava o uso e a  eficácia dos instrumentos da política econômica, a crise de representação  agia questionando a legitimidade e o protagonismo dos planos e dos projetos  de corte estatal ou com o viés conservador do sistema político, ainda numa  transição democrática inconclusa. Na primeira parte deste...
    11436 Palavras 46 Páginas
  • Tecnologia de gestão
    pesquisa de mercado feita anteriormente a abertura do estabelecimento de saúde, constatou-se que há uma grande demanda de pacientes que não possui plano de saúde, e que preferem pagar uma consulta que seja um preço mais acessível ou popular, do que ter que enfrentar filas imensas ou dormir na porta de...
    1993 Palavras 8 Páginas
  • Planejamento Estratégico Situacional
    explicações para os diversos fatos e elementos envolvidos no planejamento, e cada explicação dependerá da interpretação dos atores envolvidos. De acordo com Matus (1996), o planejador deve explicar a realidade a partir da compreensão do processo de inter-relação entre os problemas, para ter uma visão de síntese...
    2496 Palavras 10 Páginas
  • Planejamento
    referindo a um processo social, no qual realiza um ato de reflexão, que deve ser coletivo, ou seja, planeja quem deve atuar como indutor do projeto. (MATUS, 1993, p. 13 ) O planejamento tradicional é norteado por diagnósticos do ambiente e na construção de paradigmas. Focado na representação simplificada...
    449 Palavras 2 Páginas
  • planejamento
    O Planejamento Estratégico Situacional no Setor Público – A Contribuição de Carlos Matus AUTORES SERGIO VITAL E SILVA svsvital@uol.com.br JOSÉ CARLOS COELHO NIERO Faculdade Anchieta de São Bernardo do Campo nierotur@gmail.com LEONEL MAZZALI leonel_mazzali@uol.com.br Resumo:Este artigo apresenta...
    4186 Palavras 17 Páginas
  • assistente social
    Profissão em seu artigo 4º, que aponta dentre outras as seguintes competências do Assistente Social: [...] II - Elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos que sejam do âmbito do Serviço Social com participação da sociedade civil; VI - Planejar, organizar e administrar benefícios...
    3337 Palavras 14 Páginas