• Jesus cristo nunca existiu
    afirmações diante do crente, mostrando-se, contudo, reticente e cauteloso em face do conhecimento científico do homem de saber aprimorado. A este falará sobre tudo, mas evitará abordar o que se refere a Deus, religião ou teologia. Tendo ultrapassado a época do medo, a raça humana não se libertou totalmente...
    30453 Palavras 122 Páginas
  • Pluralidade
    às diferenças seja a base de uma visão de mundo cada vez mais rica para todos nós. Essas são as questões mais importantes que o século XXI suscita e sobre a qual cada um de nós pode e deve refletir... Todas as culturas humanas criaram modos de viver coletivamente, de organizar sua vida política, de se...
    3472 Palavras 14 Páginas
  • Filosofia
    por objetivo o estudo da dimensão espiritual do homem desde uma perspectiva filosófica (metafísica, antropológica e ética), indagando e pesquisando sobre a essência do fenômeno religioso. Em síntese, sua pergunta fundamental é: "O que é, afinal, a religião?".[1] Índice  [esconder]  * 1 Métodos *...
    725 Palavras 3 Páginas
  • Vinicius
    apenas uma entidade ideal, criada para fazer cumprir as escrituras, visando dar sequência ao judaísmo em face da diáspora, destruição do templo e de Jerusalém. Teria sido um arranjo feito em defesa do judaísmo que então morria, surgindo uma nova crença. Ultimamente, têm-se evidenciado as adulterações...
    28732 Palavras 115 Páginas
  • Teologia do Novo Testamento
    para com o Judaísmo Já foi observado que Cristo baseou os seus ensinos no Antigo Testamento. Ele veio, não para principiar uma coisa nova, mas para continuar uma obra já bem adiantada. Cristo não trouxe o propósito de introduzir uma religião nova; considerando porém, que havia no judaísmo duas correntes...
    9374 Palavras 38 Páginas
  • Trabalho de Filosofia
    1. INTRODUÇÃO O nosso trabalho abordará o tema vida e morte. Sabe-se hoje que dissertar sobre a existência é algo realmente complicado. Um questionamento constante relacionado à morte é: Por que a tememos tanto se nem ao menos a conhecemos? Não há ninguém no mundo capaz de definir precisamente...
    7775 Palavras 32 Páginas
  • Teologia
    para com o Judaísmo Já foi observado que Cristo baseou os seus ensinos no Antigo Testamento. Ele veio, não para principiar uma coisa nova, mas para continuar uma obra já bem adiantada. Cristo não teve o propósito de introduzir uma religião nova; considerando porém, que havia no judaísmo duas correntes...
    9845 Palavras 40 Páginas
  • hebreus
    contidas no Antigo Testamento grego (Septuaginta), em vez de referências do texto hebraico. Até mesmo a igreja antiga expressou diversas opiniões sobre a autoria desse texto, e os estudos atuais admitem que o enigma ainda não foi solucionado. Portanto, o melhor parece ser aceitar o anonimato da epístola...
    1961 Palavras 8 Páginas
  • As diferentes formas de abordagem cultural
    às diferenças seja a base de uma visão de mundo cada vez mais rica para todos nós. Essas são as questões mais importantes que o século XXI suscita e sobre a qual cada um de nós pode e deve refletir... Todas as culturas humanas criaram modos de viver coletivamente, de organizar sua vida política, de se...
    3610 Palavras 15 Páginas
  • Filosofia da religiao
    por objetivo o estudo da dimensão espiritual do homem desde uma perspectiva filosófica (metafísica, antropológica e ética), indagando e pesquisando sobre a essência do fenômeno religioso. Em síntese, sua pergunta fundamental é: "O que é, afinal, a religião?" Métodos Para o estudo da filosofia da religião...
    624 Palavras 3 Páginas
  • Pluralidade encerrada
    diferenças entre os povos que vivem numa mesma comunidade porém,sendo um de cada país e falando, um dialeto diferente do outro . Constatamos que dialogar sobre o tema "pluralidade cultural" significa chamar a atenção para uma questão muito intrigante: embora sejamos uma única espécie, temos modos de vida...
    753 Palavras 4 Páginas
  • A morte
    inspiração para doutrinas filosóficas e religiosas, bem como uma inesgotável fonte de temores, angústias e ansiedades para os seres humanos. Falar sobre morte, provoca um certo desconforto, pois damos de caras com uma finitude, o inevitável, a certeza de que um dia a vida chega ao fim. A Morte Nas Diferentes...
    2170 Palavras 9 Páginas
  • eutanasia
    passado, presente e o que dela se espera para o futuro. Apresentaremos ainda, os prós e contras de tal assunto. E, por fim, espera-se chegar a uma conclusão, sob um ponto de vista imparcial, da importância de abordar este tema. A morte em si já traz consigo uma grande complexidade devido a fatores psíquicos...
    17410 Palavras 70 Páginas
  • Conhecimento
    coisas que viriam no tempo da graça. 1.1.2 Como Os Primeiros Cristãos Viam o Antigo Testamento: Como palavra inspirada por DEUS, contendo a verdade sobre o salvador JESUS CRISTO, esta palavra era pregada em toda a parte pelos apóstolos e por todos os pregadores que JESUS chamou. 1.1.3 O Cumprimento...
    6664 Palavras 27 Páginas
  • historia da mesopotâmia
    sumérios foi o desenvolvimento da escrita cuneiforme, por volta de 4000 a.C. Usavam placas de barro, onde cunhavam esta escrita. Muito do que sabemos hoje sobre este período da história, devemos as placas de argila com registros cotidianos, administrativos, econômicos e políticos da época. Os sumérios, excelentes...
    2082 Palavras 9 Páginas
  • Eutanasia
    10 Visão Religiosa 12 O islamismo 12 O judaísmo 12 O Cristianismo 12 Igreja Católica 12 Adventistas do Sétimo Dia 13 Igrejas Batistas 13 Igrejas Ortodoxas Orientais 13 Testemunhas de Jeová 13 Igrejas Luteranas 13 Pentecostal 13 Conclusão 14 Referências Bibliográficas 15 Introdução ...
    2244 Palavras 9 Páginas
  • História dos hebreus,a tomada do templo
    08 5. Sobre Quais Condições as Promessas de Deus Serão Revogadas?.09 e 10. 6. O Que Representava para os Judeus o Templo de Salomão?...10 a 11 7. Por que Deus Permitiu a Tomada do Templo de Salomão?....11 a 12 8. Cite 02 Profetas e Pelo Menos uma Mensagem de Cada um Deles na Qual falava sobre a Tomada...
    3912 Palavras 16 Páginas
  • Planete terra
    Jesus retoma uma tradição antiga que está na LXX: “em caso de pornéia” (depravação). A resposta de Jesus em Mt 19,4-6 remonta ao Princípio. O judaísmo valoriza muito o casamento (Ml 2,14-16). O divórcio não é um mandamento, mas uma permissão (Mt 19,7-9). O guett (‫ )גט‬para que a mulher não fosse...
    3691 Palavras 15 Páginas
  • religiosidade
    Ela só foi adotada pelos cristãos quando o imperador romano Constantino aboliu as condenações na cruz, no início do século 4. ESTRELA DE DAVI (Judaísmo): Duas pirâmides - uma apontando para cima e outra invertida - representam a união ou equilíbrio entre o céu e a terra. Diz-se que Davi, importante...
    1904 Palavras 8 Páginas
  • bacharel
    PECADOR Por Daniel de Sousa Silva INTRODUÇÃO 1. A Igreja Adventista do Sétimo Dia, é um movimento profético, proclamando a breve volta de Jesus “sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória”(Mat 24:30. As profecias de Daniel e Apocalipse, fornecem o fundamento bíblico para identificar os adventistas...
    4845 Palavras 20 Páginas