• A escrita da Historia
    , Lisboa, ed. Estampa. 1981; 2. cd., ibid, 1987. Ricos-homens, Infanções e Cavaleiros. A Nobreza Medieval Portuguesa nos Séculos Xl e XII, Lisboa, Guimarães ei, 1982: 2. cd.. ibid. 1985. Portugal Medieval. Novas interpretações, Lisboa, Imprensa Nacional, 1985. O Essencial sobre a Formação da...
    15255 Palavras 62 Páginas
  • historia da arte
     O que é Literatura de Cordel: Literatura de cordel é um tipo de poema popular, oral e impressa em folhetos, geralmente expostos para venda pendurados em cordas ou cordéis, o que deu origem ao nome. O nome de cordel é original de Portugal, que tinha a tradição de pendurar folhetos em...
    398 Palavras 2 Páginas
  • Arquitetura do Renascimento
    )     5-­‐  Capa  específica  –  A  arquitetura  do  renascimento  /  foto  -­‐  curso  e  unibh.       Trabalho  A  cultura  artística  do  renascimento:        Item  1  do  trabalho  em  1  página...
    341 Palavras 2 Páginas
  • Metodologia de Ensino das Artes, dos Jogos e Educação Corporal
    catalão, conhecido pelo seu trabalho surrealista. O trabalho de Dalí chama a atenção pela incrível combinação de imagens bizarras, oníricas, com excelente qualidade plástica. Dalí foi influenciado pelos mestres do Renascimento. O seu trabalho mais conhecido, A Persistência da Memória, foi concluído...
    6278 Palavras 26 Páginas
  • Literatura de cordel
    Literatura de cordel Literatura de cordel também conhecida no Brasil como folheto é um gênero literário popular escrito frequentemente na forma rimada, originado em relatos orais e depois impresso em folhetos. Remonta ao século XVI, quando o Renascimento popularizou a impressão de relatos orais, e...
    371 Palavras 2 Páginas
  • A HISTÓRIA DA ARTE NO MUNDO
    -História. Os povos passaram a formar famílias e foi feita a divisão do trabalho. Técnicas Técnica de tecer panos; Fabricação de cerâmicas; Arquitetura: construção das primeiras casas; Técnicas para a produção do fogo; Trabalho com metais. A partir dessa revolução, os homens como se...
    11132 Palavras 45 Páginas
  • Envie presentes para estes membros
    Processo seletivo 001. Prova objetiva serviço AuxiliAr voluntário  Você recebeu sua folha de respostas e este caderno contendo 50 questões objetivas.  Confira seu nome e número de inscrição impressos na capa deste caderno.  Leia cuidadosamente as questões e escolha a resposta que...
    4051 Palavras 17 Páginas
  • Povos que dominaram a península ibérica
    ao mar do Norte pelo mar Mediterrâneo e Atlântico, incluía Portugal, isto impulsionou o mercantilismo português. Os servos deviam pagar várias taxas e tributos aos senhores feudais, tais como: corvéia, que era um trabalho de 3 a 4 dias nas terras do senhor feudal; talha, era metade da produção...
    6504 Palavras 27 Páginas
  • De ceuta a timor
    -197. • “Portugal (relations with)” in Encyclopædia Æthiopica, s. v. (no prelo). • Co-edição, com Maria da Conceição Flores e Françoise Aubin, do volume dos trabalhos póstumos de Jean Aubin, Le Latin et l’Astrolabe, vol. III, Études inédites sur le règne de D. Manuel, Centre Culturel Calouste...
    6432 Palavras 26 Páginas
  • 033690002267
    decretado língua oficial do reino de Portugal pelo rei D.Dinis I. O salto para o português moderno dá-se no renascimento, sendo o Cancioneiro Geral de Garcia de Resende (1516) considerado o marco do seu início. A normatização da língua foi iniciada em 1536, com a criação das primeiras gramáticas, por...
    4275 Palavras 18 Páginas
  • Desafio fundamentos filosóficos da educação
    da sociedade é iniciado pelo Clero avança mais no Renascimento e encontra, neste contexto, condições propícias para o florescimento de uma nova concepção de família e por extensão de criança. Aceitava-se que as crianças “ajudassem” no trabalho e permanecesse na escola dentro dos limites de faixa...
    3519 Palavras 15 Páginas
  • Trabalhos
    artista renascentista Michelangelo. O trabalho retrata o herói bíblico com realismo anatômico impressionante, sendo considerada uma das mais importantes obras do Renascimento e do próprio autor. A escultura encontra-se em Florença, em Itália, cidade que originalmente encomendou a obra. Características...
    8299 Palavras 34 Páginas
  • Géneros literarios
    da antiguidade clássica e que impôs em diferentes momentos históricos: Renascimento, século XVII e, em sua versão conhecida como neoclassicismo, entre o final do século XVIII e começo do XIX. Como traços peculiares a essa atitude estética devem ser apontados a importância conferida aos mestres...
    15523 Palavras 63 Páginas
  • Arte no paleolítico e neolítico, arte no antigo egito, arte na grécia antiga, arte na roma antiga, arte bizantina, arte românica, arte gótica, renascimento
    Portugal, destacam-se o templo de Egitânia (provavelmente dedicado a Júpiter ou Vênus), o de Évora (ou Diana) e o de Almofala (em Figueira de Castelo Rodrigo). O Vesúvio entrou em erupção no ano 79 a.C. e atirou cinza quente, pedras e poeira de carvão sobre a cidade de Pompéia. Esta ficou coberta...
    11935 Palavras 48 Páginas
  • Literatura de cordel
    Literatura de cordel é um tipo de poema popular, oral e impressa em folhetos, geralmente expostos para venda pendurados em cordas ou cordéis, o que deu origem ao nome. O nome de cordel é original de Portugal, que tinha a tradição de pendurar folhetos em barbantes. Essa tradição se espalhou para o...
    525 Palavras 3 Páginas
  • Sistema digestivo
    folheto, é um gênero literário popular escrito frequentemente na forma rimada, originado em relatos orais e depois impresso em folhetos. Remonta ao século XVI,quando o renascimento popularizou a impressão de relatos orais , e mantém-se na forma literária popular do Brasil. O nome tem origem na...
    885 Palavras 4 Páginas
  • Futurismo
    . 3 4 A fonte utilizada para a elaboração do trabalho acadêmico foi inspirada no estilo do Futurismo. Veja imagem na página 14 13 11 Futurismo em Portugal Logo em 1909 o Manifesto de Marinetti, foi traduzido do Le Figaro no Diário dos Açores, mas passou despercebido. Em Março de 1915...
    4601 Palavras 19 Páginas
  • A evolução do direito: da idade média até os dias de hoje
    para argumentação científica e jurídica); Renascimento artístico ( Leonardo da Vinci). Surgem os primeiros sistemas nacionais de DIREITO dos Estados europeus, que ainda estão submetidos ao Estado, à política, ao rei. Daí falar-se em Direito do reino de Portugal, por ex. Pensadores políticos da...
    4436 Palavras 18 Páginas
  • Decoração
    , estabelecendo-se a divisão da cristandade entre católicos e protestantes. Nos Estados protestantes, onde havia condições favoráveis à liberdade de pensamento, a investigação científica iniciada no Renascimento pôde prosseguir. Já nos Estados católicos, desenvolveu-se um movimento chamado ContraReforma, que...
    6229 Palavras 25 Páginas
  • turidmo atual
     Módulo 5 Recuperação a História Cultura das Artes Aluno: José Steiner Escola: Associação Agostinho Roseta Ano lectivo: 2013/2014 Índice Imperio Português……………………………………3 Renascimento………………………………………4/5 A Arte em Portugal, Estilo Manuelino…….6...
    1334 Palavras 6 Páginas