O snc melhora o controlo interno nas pequenas empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7232 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
30 de Junho de 2011

Estudos sobre Estatísticas Estruturais das Empresas 2007-2009

O perfil exportador das PME em Portugal – 2007/2009

Em 2009, existiam em Portugal 348 552 PME, representando 99,7% do total de sociedades do sector não financeiro e cerca de 59% do volume de negócios e do VABcf gerados neste ano. Do total de PME, cerca de 10% eram exportadoras, tendo contribuído com 40%para o volume de negócios total realizado pelas PME. Relativamente ao total de empresas exportadoras de bens em 2009, mais de 2/3 (69,1%) eram PME, embora representassem menos de metade do valor global exportado (44,6%). Os países da União Europeia dominavam as transacções das PME com o exterior, sendo os principais grupos de produtos exportados as Máquinas e aparelhos, o Vestuário, os Metais comuns,os produtos Agrícolas e o Calçado.

O INE divulga os principais resultados sobre o perfil exportador das micro, pequenas e médias empresas (PME)1 em Portugal, para o período 2007-2009. Os resultados apresentados permitem dar a conhecer a estrutura e evolução do total das PME e das PME exportadoras de bens, no tecido empresarial português e no total das empresas exportadoras, bem comocaracterizar o perfil exportador, quer por país parceiro quer por tipo de produtos.

1 – AS PME NO TECIDO EMPRESARIAL PORTUGUÊS Em 2009, existiam em Portugal 348 552 micro, pequenas e médias empresas (PME), representando 99,7% do total das sociedades não financeiras. Este número reflecte um decréscimo de 0,3% face ao ano de 2008, tendência também verificada para o conjunto dos restantes indicadores,reflexo do cenário de crise que caracterizou a economia portuguesa no ano de 2009. As PME exportadoras de bens representavam cerca de 10% do total das PME em actividade em 2009, ainda assim, com contributos consideravelmente superiores no que respeita à geração de riqueza no seio das PME: acima dos 30% tanto para o volume de negócios como para o VABcf. Também no segmento das PME exportadoras, adesaceleração dos principais indicadores económicos face ao ano anterior foi notória, com destaque para o volume de negócios que sofreu a maior quebra percentual, de aproximadamente 8%.

Estudos sobre Estatísticas Estruturais das Empresas – 2007-2009

1/16

Principais indicadores económicos das PME não financeiras, 2009
PME P esso al ao s e rv iç o N .º To tal P M E P eso no to tal de so ciedades(%) Tx. var. 08/09 (%) Tx. var. 07/08 (%) P M E Expo rtado ras P eso no to tal de PM E (%) Tx. var. 08/09 (%) Tx. var. 07/08 (%) 348 552 99,7 -0,3 0,6 33 861 9,7 -1 ,9 5,3 2 092 271 72,1 -4,0 0,2 585 81 8 28,0 -4,1 2,9 V o lum e de ne gó c io s 10 3 E uro s 1 493 1 87 60 59,0 -7,1 1 ,7 75 023 240 40,0 -7,9 4,9 46 1 1 74 00 59,8 -3,8 1 ,5 1 954 01 5 3 34,6 -3,6 4,0 V A B cf

As PME semactividades de exportação de bens predominaram em 2009, com um peso acima dos 90% no total das PME, empregando mais de 2/3 do pessoal ao serviço total e com um contributo de pelo menos 60% para a criação de valor. No entanto, destaca-se a importância que as PME exportadoras tiveram na actividade económica em 2009, pois embora com um peso de apenas 9,7% em termos de unidades empresariais, geraram 40,0% dovolume de negócios e cerca de 35% do VABcf do total das PME.
Estrutura das PME em Portugal, 2009
PME Exportadoras
100%

PME Não Exportadoras

60,0% 72,0% 90,3%

65,4%

28,0% 0% 9,7%

40,0%

34,6%

PME

Pes soal ao s erviço

VVN

VABcf

O volume de negócios per capita observado no total das PME rondou os 89,6 milhares de euros, cerca de 39 mil euros abaixo do verificado nasPME exportadoras de bens. Quando a análise incide sobre os principais indicadores do emprego das PME, verifica-se que os custos com o pessoal por trabalhador assumiram o valor mais baixo também no total das PME (14,9 mil euros em 2009), indiciando níveis salariais inferiores aos praticados no segmento das PME exportadoras (18,2 mil euros em 2009), que foram também as que registaram a maior...
tracking img