O que falta ao trabalhador brasileiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1324 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pesquisa O que falta ao trabalhador brasileiro

Sistema FIRJAN
Diretoria de Desenvolvimento Econômico e Associativo Gerência de Pesquisas e Estatística
Maio 2011

Objetivo e Metodologia

Objetivo: Identificar a demanda por trabalhadores qualificados na indústria do Brasil vis à vis a oferta de profissionais existente. Metodologia: Método quantitativo com aplicação de questionáriosemiestruturado. Respondentes: Diretores e gerentes responsáveis pela área de fabricação das indústrias do país. Amostra: 607 indústrias de todo o país, distribuídas por região. Tendo em vista um intervalo de 95,0% de confiança, obtém-se margem de erro de 3,9%. Estratificação da amostra: Indústria da transformação (erro de 4,6%) e da Construção civil (erro de 7,3%).

Distribuição da amostra porregião

A pesquisa foi realizada com 607 indústrias - Transformação e Construção Civil - representando 260.239 trabalhadores e contemplou todas as regiões do Brasil.
Centro Oeste
6,8 %

Norte
5,1 %

Nordeste
16,5 %

Sudeste
51,2 %

Sul
20,4 %

Distribuição por segmento industrial e porte
A amostra é composta de 71,5% da Indústria da Transformação e 28,5% da Construção Civil. 77,8%das empresas são de médio porte e 22,2% de grande porte.

Construção Civil 28,5%

Grande 22,2%

Indústria de transformação 71,5%

Médio 77,8%

Obs.: No que tange ao segmento industrial, a amostra foi distribuída respeitando a proporção da população. distribuí proporç populaç

Demanda por profissionais na Indústria
Nos últimos 6 meses, 81,1% das indústrias tiveram aumento ou ao menosmanutenção da quantidade de funcionários.
Construção Civil: 46,8%
Aumento
42,1%

12,4%

12,4%

17,3%

Transformação: 40,1%

Se Manteve
39,0%

39,0%

Transformação: 41,7% Construção Civil: 32,4%

Redução
18,8%

5,3%

3,6%

9,9%

Grande Aumento Algum Aumento Pequeno Aumento Se Manteve

Grande Redução Alguma Redução Pequena Redução

P7) Gostaria de falar sobre a demandada sua empresa por profissionais para atuar na área de fabricação, seja a nível de diretoria, gerência ou operacional/chão de fábrica. Excluindo os terceirizados, considerando unicamente os funcionários próprios, a quantidade de profissionais que atuam diretamente na área de fabricação em relação a 6 meses atrás apresentou:

Postos de trabalho
próximos 12 meses

Além dos resultadosindicarem um quadro de expansão nos últimos 6 meses, em 60,9% das empresas as projeções são também positivas.
Transformação: 56,6% Transformaç
Aumentará 15,3%

25,5%

20,1%

60,9%

Construção Civil: 71,6% Construç

Se Manterá

29,3%

Transformação: 33,4% Transformaç Construção Civil: 19,1% Construç

29,3%
1,6%
Reduzirá

4,9%

8,3%
1,8%
Grande Aumento Algum Aumento Pequeno AumentoSe Manteve Grande Redução Alguma Redução Pequena Redução

O quadro de expansão para os próximos 12 meses é mais acentuado na indústria da construção civil (71,6%) enquanto na transformação é inferior: 56,6%.

P10) Pensando agora nos próximos 12 meses, gostaria de saber sua opinião unicamente pensando na área de fabricação. O(a) Sr(a) acredita que a quantidade de postos de trabalho na suaempresa vai ter:

Postos de trabalho para 2016
Para 2016, 63,3% das empresas prevêem que haverá expansão das contratações. A previsão de novas contratações indica crescente necessidade de absorção de mão de obra na área produtiva.

Aumentará

20,9%

24,4%

18,0%

63,3%

Se Manterá

21,9%

21,9%

1,2%
Reduzirá

1,8% 0,2%
Grande Aumento Algum Aumento Pequeno Aumento Se ManteveGrande Redução Alguma Redução Pequena Redução

3,2%

P12) Pensando agora em um cenário para 2016, ano de Olimpíadas, gostaria de saber sua opinião unicamente pensando na área de fabricação. O(a) sr(a) acredita que a quantidade de postos de trabalho na sua empresa vai ter:

Preenchimento dos postos de trabalho
53,0% das indústrias não obtiveram sucesso na tentativa de preencher muitos ou...
tracking img