O que cientifico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1007 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Alves Rubem.o que é cientifico? São Paulo: Loyola, 2007

O livro “o que é científico” de Rubem Alves foi publicado em janeiro de 1999 pela editora Loyola, sendo a quarta edição divulgada.O autor nasceu em Boa Esperança, no Sul de Minas Gerais no dia 15 de setembro de 1933.Entre 1953 e 1957 estudou Teologia no seminário Presbiteriano de Campinas e se transferiu para Larvas, em 1958 para exercera função de pastor. Rubem caso-se teve três filhos.Estudou em Nova York sendo intitulado Mestre em Teologia e posteriormente Doutor em Filosofia.O livro o que é cientifico? divide-se em oito capitulo sendo que o primeiro conta a historia do amigo que entra no escritório sem ser anunciado é lhe perguntou o quem é científico? Então começa a contar a história dos pescadores que faziam as redes parapescar, os demais capítulos quase sempre retomam a história dos pescadores, o livro chama a atenção do leitor para o que é científico?O autor faz uma analogia a cada capítulo comparações semelhantes pra facilitar o entendimento do questionamento, a obra também deixa claro que as redes da ciência não pode pegar tudo que nem tudo o que achamos que é científico é as redes da ciência ela não é capazde perceber as nossas concepções do que é científico? A obra relata que as redes da ciência estão deixando de pegar muitos peixes, as redes deles só são capazes de pegar o que e cientificamente comprovado assim perde a oportunidade de capitular a essência das coisas mas belas mais isso não quer dizer que a ciência não tem o lado bom, é graças a ela que foi descobertos a cura para diversasdoenças.

























“Uma sabedoria de vida tinha de ser calada:não era científica”(P.13)

“Meu mundo é aquilo sobre o que posso falar”(p.17)

“Mas há também os céus e as matas que se enchem de cantos de sabiás...Lá as redes dos cientistas ficam sempre vazias”(p.18)

Só é real aquilo que as redes dos pescadores podem pegar de igual modo é a ciência só é realaquilo que podem pegar em suas redes assim não podem pegar tudo os buracos deixam passar os sentimentos as belezas das matas o canto dos pássaros a alegria de um dia de sol.

“A ciência, á semelhança das vacas, tem um estômago especializado que só é capaz de digerir um tipo de comida”(p.24)

“Mas daquilo que o estômago da vaca produz, os homens fazem uma série maravilhosa de produtos quecontribuem para a vida e a cultura”(p.25)

A ciência só é capaz de aceitar fatos comprovados o que é uma pena por que podemos fazemos maravilhas com aquilo que ela rejeita que não é capaz de digerir, por que para nos não importa se é verdade ou não o que importa é o que podem causar em nosso ser

“Por que a inteligência acontece precisamente nos saltos entre dança diferentes”(p.33)

“Masquero que os pecadores sejam capazes também de ouvir o canto do sabiá que nenhuma rede pode pegar”(p.34)

O conhecimento adquirir quando partimos para descobre ritmos novos a ciência só consegue reconhecer um ritmo a dançar apenas um, então surge “não é cientifico”mas é no compasso diferente que aprendemos quem fica em um único ritmo não sabe dançar os outros é nas descobertas queaprendemos.

“Ninguém, ao ouvir uma piada, pergunta se ela é verdadeira”(p.38)

“As palavras do cientistas têm por objetivo enunciar a verdade”(p.39)

“As redes da ciência deixam passar mais do que seguram”(p.41)

A ciência tem como compromisso a verdade as suas redes só conseguem pegar o que eles conseguem provar que é real, entretanto o buraco da redes deixam escapar muito mais do quecapturam, mas há muita coisa que é real sem que seja científico eles não conseguem pegar





“O inquisidor não estar interessado em ouvir as razões daquele que está sendo inquirido”(p.46)

“Freqüentemente o resultado do uso do método é o oposto da inteligência”(p.49)

Quem está com Victor de que estar certo não quer saber opinião de mais ninguém ele tem a certeza não vai parar para...
tracking img