O problema do mal no livre arbítrio santo agostinho trabalhos escolares e acadêmicos prontos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2927 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

INTRODUÇÃO
O presente Trabalho Individual de Pesquisa – TIP – tem apretensão de tão somente tecer algumas considerações a respeitodo Livro I da obra
O Livre Arbítrio
, de Santo Agostinho deHipona, que tenta nesta sua obra resolver a questão do mal.As mais de duas centenas de obras de Agostinho mostram-nos claramente sua sede pela Verdade e sua incessante busca pelaFelicidade. O SantoFilósofo falou e escreveu sobre praticamentetodos os temas de sua época e seus escritos giram sempre em tornode Deus, a Suprema Verdade. Agostinho era possuidor de umcoração extremamente inquieto e tinha em seu pensamentoquestionamentos que amenizassem sua ansiosa busca por respostasa tudo o que dizia respeito à relação do homem com Deus. Graçasao divino auxílio, investigou e foi ao âmago de muitasquestões,encontrando respostas que o levariam a aproximar-se daquele por aquem tanto buscava: o Sumo Bem, Deus. O Bispo de Hipona,sempre desejoso de encontrar-se com a Verdade e a Sabedoria, nãopoderia deixar de investigar, com seu raciocínio apurado, o “mal”que tanto o angustiara durante boa parte de sua juventude.Todo aquele que busca uma autêntica vida cristã e,sobretudo, aquele que sentenecessidade de uma experiência maisprofunda com a Verdade, não pode deixar de beber nas fontes quenos foram deixadas pelo, nas palavras de Padre Antônio Vieira,“maior Santo entre os Doutores e maior Doutor entre os Santos”.

2

VIDA DE SANTO AGOSTINHO
Agostinho nasceu no ano de 354, em Tagaste, África doNorte, filho de Patrício, pagão, batizado na hora da morte, eMônica, de quem recebeu educaçãocristã.Agostinho muda-se para Madaura, cidade vizinha a Tagaste,onde inicia seus estudos de Retórica, quando tem seus primeiroscontatos com os clássicos latinos. O jovem estudante vê-seobrigado a retornar à terra natal, no ano de 369, onde por um anoentrega-se à ociosidade. Com a ajuda financeira de um amigo,Agostinho vai, então para Cartago e retoma seus estudos. Aosdezenove anos de idade, lê a obraHortênsio
de Cícero e sente-seatraído pela
verdade eterna
de que trata o livro. Também por esseperíodo, Agostinho faz uma breve leitura das Sagradas Escrituras,mas estava persuadido “
de que devia crer mais naqueles queensinam do que nos emissores de ordens para cre
r”. Aos vinteanos, Agostinho, racionalista, inicia seu convívio de nove anoscom os maniqueus. Também nesse período estuda umpouco deastrologia. Por volta de 384, Agostinho assume uma cátedra emMilão e passa por uma crise cética. Já não vê encanto algum nomaniqueísmo. Interessa-se, então, pelo neoplatonismo,particularmente por Plotino e Porfírio, onde encontra o quebuscava naquela fase de sua vida: o desprezo pelas paixões e pelossentidos. Mas Agostinho ainda não estava satisfeito. A filosofiaplatônica e neoplatônica,sob muitos aspectos, deixavam muito adesejar. Após ouvir a pregação de Ambrósio, bispo de Milão,

3

Agostinho começa a compreender as Sagradas Escrituras e em 387, juntamente com o filho Adeodato e o amigo Alípio, é o batizadopelo bispo “responsável” por sua conversão. Pouco depois,Agostinho volta para Tagaste desejoso de fundar uma comunidadereligiosa. A caminho, porém, Mônica, sua mãe, vem afalecer, emÓstia. Somente em 388 é que Agostinho segue de Roma paraTagaste e realiza seu desejo, fundando uma comunidade dedicada àoração e contemplação. No ano seguinte, morre seu filhoAdeodato.Agostinho, aclamado pelo povo, é ordenado sacerdote em391, com o propósito de auxiliar o bispo de Hipona, Valério, que já era avançado em idade e cinco anos mais tarde é sagrado bispode Hipona.Agostinhomorreria trinta e quatro anos depois, deixando-nos um legado de duzentos e trinta e dois livros, contidos emnoventa e três obras, onde se pode beber da sabedoria e santidadedeste santo filósofo.


4

SOBRE A OBRA
DE LIBERO ARBITRIO
Antes de ser batizado, em 386, Agostinho fez um retiro emCassicíaco, onde refugiou-se para refletir, orar e escrever sobrealguns temas em preparação para...
tracking img