O principe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1319 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O PRINCIPE - NICOLAU MAQUIAVEL
Nicolau Maquiavel (Niccoló Machiavelli ) , nascido em Florença em 1469 foi um poeta , escritor e diplomata do Renascimento. É considerado até hoje uma mente brilhante e um dos maiores pensadores da historia , principalmente na ciência política onde se consagrou com sua obra máxima '' O PRINCIPE '' .
Há aproximadamente quatro séculos Nicolau começou a apresentarsuas idéias sobre governos e seus governantes e é incrível como suas teses auxiliam até os dias de hoje os '' poderosos '' . Para ele '' o homem é naturalmente mau ''.
Em '' O PRINCIPE '' Maquiavel dá lições aos principes de como manter se no poder e por fim acaba ensinando muito mais ao povo . Sua obra trata de guiar o principe , mostrando lhe os atos necessários e desnecessários de um bomgovernante .
Suas teses sāo dadas de acordo com os tipos de principados e seus principes , de que forma o principe ascendeu ao poder e como deve conserva lo . Entendendo muito sobre os pensamentos do homem , ele nos apresenta as dificuldades e resoluções e é visivelmente realista .
O livro é composto por vinte e seis capítulos e em cada capítulo aprendesse uma liçāo , separei as que ao meu ver sāo asmais importantes e as comentarei de capítulo em capítulo , observando que nāo citarei todos os capítulos e sim os que julgo mais importantes .

III - De principatibus Mixtis
1 > Perder pela primeira vez o poder , tomasse experiência para reconquistá lo e sabedoria para nāo perdê lo denovo .
2 > Quando os povos têm algo em comum mesmo sendo de nações diferentes , eles se identificam. A questāode falar a mesma lingua nāo se diz só ao idioma mas também aos costumes . Exemplo : quando alguém nāo está acostumado com liberdade , ele nāo tem conhecimento sobre tal e portanto nāo vê diferença entre tê la ou nāo .
3 > É necessário que o governante mantenha perto do que acaba de conquistar , para que tenha a confiança de seu novo povo e quando se perceba pertubações resolva logo para que nāose evolua para um problema .
4 > Se houver necessidade de desagradar ou espoliar alguém que seja uma minoria , nāo correndo risco de criar inimigose que seja feito rapidamente , dando assim temor aos outros que ficarem .
5 > Cuidar do seu governo nāo inclui apenas decisões armadas , mas também proteger os fracos , enfraquecer os fortes e afasta um suposto concorrente . Sempre terá alguémdescontente e tambem um possível traidor entre os seus .
6 > É necessario prevenir se dos incovenientes , pensando no que pode acontece no futuro , pois se o mal se expandir pode nāo haver maneiras de impedir sua realizaçāo . Cabe ao governante acautelar se dos males do conquistado .
7 > Nāo dar espaço para que o bem torne se um mal .
8 > Se o governante é capaz de conquistar algo por seus propriosmeritos deve ser reconhecido e aplaudido sem censuras , porém se nāo tiver capacidade é melhor que nem o tente para nāo fracassar.
9 > A gloria de um governante cai quando o mesmo fortalece a outro .

IV -Cur Darii Regnum Quod Alexander Occupaverat A Successoribus Suis Post Alexandri Mortem Nom Defecit
10 > As formas de governo embora diferentes, é difícil dizer qual é a melhor , pois se uma éforte e boa em alguns aspectos , a outra pode ser melhor em outros . A conquista e manutençāo de um Estado depende da sua forma de governo .

V - Quomodo Administrabdae Sint Civitates Vel Principates , Qui Antequam Occuparentur , Suis Legibus Vivebant
11 > Para evitar aborrecimentos é melhor acabar com as cidades conquistadas e refazê las do modo e á forma do principe .

VI - De PrincipatibusNovis Qui Alienis Armis Et Fortuna Acquiruntur
12 > Ter alguém como base para suas atitudes é fundamental para se espelhar nos acertos e desviar se dos erros .

VII - De Principatibus Novis Qui ALienis Armis Et Fortuna Acquiruntur
13 > Aqueles que sāo fáseis de coagir podem ser os mais dificeis de lidar , pois um inimigo pode convencê lo de algo contra você .
14 > Um homem que simplismente...
tracking img