O positivismo de aguste comte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (936 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Positivismo de Auguste Comte:

Auguste Comte nasceu em 1798 em Paris, de uma família pequeno-burguesa, católica e monarquista. Em sua formação estudou na escola politécnica de Paris, em que anosmais tarde foi expulso por suas ideias avançadas de democracia; volta á escola como examinador. Tempos mais tarde torna-se amigo e secretario do socialista Saint-Simon, que contribui para suaintelectualidade.
Comte desenvolveu varias obras sobre um pensamento metódico, como: Curso de Filosofia Positivista, em seis volumes, Discurso preliminar sobre o espírito positivista e Sistema de políticapositivista ou tratado de sociologia instituindo a religião da humanidade, em quatro volumes.
Toda sua obra é baseada em uma síntese geral dos conhecimentos de seu tempo, querendo unificar as culturashumanísticas e a científica.
A humanidade, ciência, síntese e fé constituem o pensamento comtiano.
O século XIX marca o liberalismo europeu, que afirma que o desenvolvimento moral, cultural,econômico e político da sociedade só é alcançado pelo desenvolvimento do espírito e das faculdades do individuo.
Porém,o liberalismo sofreu transformações na tentativa de conciliar racionalismo comempirismo e com o materialismo.
O pensamento positivista passa a dominar o século XIX, como doutrina,apresentando como revelação da ciência,ou seja,não sendo regra e com método tendo fatos como rigorosos efundamentos da construção teórica.
Em todos os domínios,procuravam não entender o porquê das coisas,de não indagar a essência.,substituíam o método a priori pelo método a posteriori,ou seja,observa-seo mecanismos do mundo,ao invés de inventá-lo.
comte usava as doutrinas sociais de Saint-simon e trabalhos ideólogos de Cabanis e dos naturalistas Gall,Bichat e Broussais,para formar as bases de suafilosofia. Para o método de investigação e determinação dos fatos e suas relações ele buscou fontes nos filósofos ingleses.
de modo que para se formar uma sociedade faz-se antes de tudo descobrir...
tracking img