O papel de estado e a questão da seguridade social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1072 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]



















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4

2.1 Questão Social 4
2.1.1 Políticas Públicas 4
2.1.1.1 Seguridade Social ...........................................................................................5

3.CONCLUSÃO ..........................................................................................................6

4. REFERÊNCIAS ......................................................................................................7

INTRODUÇÃO

Originalmente a questão social foi constituída em torno das transformações econômicas, políticas e sociais, hoje a “questãosocial” é a expressão das desigualdades e lutas sociais em suas manifestações e todos os segmentos sociais envolvidos (trabalhadores e desprotegidos).


O crescimento capitalista gera maior concentração de renda e aumento da pobreza, ampliam – se assim as várias expressões das desigualdades sociais produzidas na sociedade capitalista (fome, desemprego, misérias, etc.). As PolíticasSociais referem - se a ações que determinam o padrão de proteção social implementado pelo Estado, voltadas, em princípio, para a redistribuição dos benefícios sociais visando a diminuição das desigualdades estruturais produzidas pelo desenvolvimento socioeconômico.
A Assistência Social como política de proteção social configura-se como uma nova situação para o Brasil. Elasignifica garantir a todos que dela necessita e sem contribuição prévia dessa proteção. Esta perspectiva significaria aportar quem quantos e quais são os brasileiros demandatários de serviços e atenções de assistência social.
A Política Social brasileira historicamente vai encontrar a definição de um sistema para o país, colocando-se como desafio a construção de uma Seguridade Social universal,solidária, democrática e sob a primazia da responsabilidade do Estado. A Assistência Social, como política de Proteção Social implantada na Seguridade Social, vem progredindo no país, nos quais foram e vêm sendo construídos processo de funcionamento, viabilizadores da construção de direitos sociais da população usuária dessa política, grupo em que se destacam a Política Nacional de Assistência Social –PNAS e o Sistema Único de Assistência Social – SUAS.






DESENVOLVIMENTO


1 QUESTÃO SOCIAL

Originalmente expressa no empobrecimento do trabalhador, tem suas bases reais na economia capitalista politicamente, passa a ser reconhecida como problema na medida em que os trabalhadores empobrecidos, de forma organizada, oferecem resistência às más condições de trabalhadorespara o capital.
É importante definir a questão social como um ângulo pelo qual as sociedades podem ser descritas, lidas e problematizadas em sua história, e suas perspectivas de futuro. Discutir a questão social significa um modo de se problematizar com vários dilemas cruciais do cenário contemporâneo que reabre o problema da justiça social, redefine o papel do Estado e o sentidomesmo da responsabilidade pública.



A Assistência Social como política de proteção social configura-se como uma nova situação para o Brasil. Ela significa garantir a todos que dela necessita e sem contribuição prévia dessa proteção. Esta perspectiva significaria aportar quem quantos e quais são os brasileiros demandatários de serviços e atenções de assistênciasocial.
(Yazbek,2001,p.42).



2.1.1 POLITICAS PUBLICAS


Politicas públicas como Potyara Pereira (1996:130) define como linha de ação coletiva que concretiza direitos sociais declarados e garantidos por lei. Portanto é mediante as politicas públicas que são distribuídos ou redistribuídos bens e serviços sociais, em resposta a demandas da sociedade. Por isso o...
tracking img