O normativo e o fatual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (788 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - Diferencie o normativo e o fatual.

Encontramos na moral dois planos: o normativo: constituído pelas normas ou regras de ação e pelos imperativos (deveres ou mandamentos) que enunciam algo quedeve ser. Ex: as regras que postulam determinado tipo de comportamento: “ama teu próximo como a ti mesmo”, “respeita teus pais”, “não mintas”, “não te tornes cúmplice de uma injustiça”.

E ofatual: que é o plano dos fatos morais, constituído por certos atos humanos que se realizam efetivamente, isto é, que pensemos que deveria ser. Atos que se conformam num sentido ou no outro com as normasmencionadas. Ex: ocorrem as ações concretas: o ato pelo qual X se mostra solidário com Y, atos de respeito para com os pais, a denúncia de uma injustiça.

O normativo não existe independentementedo fatual, mas aponta para um comportamento efetivo, pois, toda norma postula um tipo de comportamento que considera devido, exigindo que esse comportamento passe a fazer parte do mundo dos fatosmorais, isto é, do comportamento efetivo real dos homens. O normativo e o fatual possuem uma relação mútua: o normativo exige ser realizado e orienta-se no sentido do fatual; o realizado (o fatual) sóganha significado moral na medida em que pode ser referido positiva ou negativamente a uma norma.

2- Baseado nas definições indique exemplos no filme que identifique estes comportamentos individuale social e reflita sobre estes comportamentos.

Um exemplo de comportamento individual no filme é quando as internas fazem as refeições, pois isso são atos estritamente pessoais cujos resultados econseqüências não afetam as outras moças, isto é, afeta e interessa somente ao próprio que pratica o ato.

Já um exemplo no filme de comportamento social acontece quando uma das internas foge eoutra moça se influencia a tentar o mesmo, mas quando presencia a volta da fugitiva acaba desistindo sendo influenciada novamente pela cena que viu, ou seja, o ato da interna fugir não foi uma conduta...
tracking img