O lugar da mulher na familia pobre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2493 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A desigualdade de gênero pode incidir sobre a condição de pobreza e as formas de proteção familiar? A igualdade é constituída socialmente, sendo diferenciada em cada sociedade por valores atribuídos aos relacionamentos sociais e, dos critérios de distribuição dos recursos que estruturam a vida social. Desigualdades e discriminação continuam incidindo sob formas injustas deoportunidades. Nos últimos cinqüenta anos um dos fatos mais marcantes ocorrido na sociedade brasileira foi à inserção crescente das mulheres na força de trabalho. Esse contínuo crescimento da participação feminina é explicado por uma combinação de fatores econômicos e culturais.
Mulheres, mães para contornarem as inseguranças sociais, acabam se organizando criando redes de apoio com outras mulheres,fazendo o papel do Estado, um espaço de e de serviços prestados ente si, os quais, com pouco recursos minimizam as condições subumanas de extrema pobreza.

Trata-se de pensar o lugar da mulher nas famílias pobres principalmente monoparentais, como essas mulheres assumem a identidade de mãe, principais responsáveis pelo sustento e cuidado familiar, mesmo com espaços desiguais. . Conforme Lavinas(1998), muitas pesquisas têm insistido nas dificuldades que a instabilidade conjugal e a mudança na estrutura familiar têm provocado nos setores mais empobrecidos da população, nas quais a mulher passa a acumular sozinha, funções de provedora e de responsável exclusiva pela esfera da reprodução.
Como já sabemos, nem todas as famílias são iguais, mais especificamente, queremos abordaremos as famíliasmonoparentais famílias esta, com somente um provedor, no nosso caso especificamente as família que somente as mães são provedoras criando seus filhos sozinhas, pois, mesmo que esse arranjo familiar tenha se dado em todas as faixas de renda, o crescimento entre mulheres pobres foi mais acentuado.

A POBREZA COMO CAUSA DAS DESIGUALDADES

O Brasil é identificado “um pais que não é pobre mas commuitos pobres” (urani apud Azeredo,1999).
“a pobreza se transformou em paisagem, um desenho de uma gente desumanizada e abandonada, sem pai , mãe um efeito indesejado de umas história sem autores e responsabilidades” (Azevedo,1994)
Hoje em dia no cenário nacional, devido ao grande aumento do desemprego, o número de famílias pobres aumentaram, pois o padrão de vidada população brasileira vem caindo cada vez mais aumentando, o índice de população a baixo da linha da pobreza.
Existe dois tipos de pobreza a absoluta e a relativa. A pobreza relativa é aquela que as pessoas vivem em condições de vulnerabilidade e risco social e a absoluta é aquela que alem disso, vivem sem o mínimo necessário para a sobrevivência, ou seja, famílias vivendo com renda per captainferior ao mínimo necessário para satisfazer suas necessidades básicas. A pobreza vem se mostrando como produto da desigualdade, generalizada histórica e geograficamente, pois o estado de pobreza não implica somente privação material.
As privações sofridas determinarão a posição do sujeito, associando a falta de oportunidade, e consequentemente, de escuta sobre o que eles tem a dizer sobre suacondição.
Famílias vivenciam a realidade do desemprego ou inserções precárias cujas conseqüências são os baixos rendimentos, a falta de oportunidades educacionais, acesso limitado e baixa qualidade dos serviços de saúde e moradias sem infra-estrutura (água e esgoto,etc.), em lugares pobres. A identidade das famílias pobres vai se desenhado através de visíveis fronteiras territoriais, onde oterritório usado é o chão mais identidade. A identidade é o sentimento de pertencer àquilo que nos pertence. O território é o fundamento do trabalho. onde moram,onde vivem e trocam experiências; é
o espaço onde a família se define. Pelo padrão dominante, cabe a mulher o espaço dos cuidados domésticos e afetivos, mesmo com os avanços rumo a igualdade jurídica para mulher e homem, verifica-se que ainda...
tracking img