O imperialismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (251 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
Fatores Econômicos:
>> Necessidade de novas fontes de matéria-prima industrial;
>> Mercados consumidores para os excedentes industriais, além de locais para investimentos decapitais disponíveis na Europa.

Fator Social:
>> Necessidade de encontrar terras que absorvessem a população européia em ritmo acelerado de crescimento.


Plano Político:
>> Preocupaçãodos Estados Europeus em aumentar contingentes militares.

Plano Religioso:
>> Os missionários queriam espalhar sua crença.

Plano cultural:
>> Os povos mais adiantados deveriamdifundir sua civilização e retirar os demais povos da barbárie ( Elemento utilizado para justificar o imperialismo).








-----------------------
RESUMÃO

PLANO CULTURAL

PLANORELIGIOSO

PLANO POLÍTICO

FATOR SOCIAL

FATORES ECONÔMICOS

IMPERIALISMO
Também conhecido como Neocolonialismo, visava às regiões da África e Ásia.(Séc. XIX).


IMPERIALISMONORTE AMERICANO NA AMÉRICA LATINA

Transformados numa potência industrial, os Estados Unidos expandiram-se nos séculos XIX e XX, assumindo postura imperialista no mundo.
Na AméricaLatina , os interesses norte-americanos ficaram evidenciados à época da independência das colônias ibero-americanas, quando da formulação da DOUTRINA MONROE: “ A América para os americanos ”.A própria expansão territorial do país, resultando na anexação de regiões pertencentes ao México, traduz em ação o que os norte-americanos chamaram de Destino Manifesto.
Outro pontoimportante é a política adotada pelo presidente Theodore Roosevelt, o Big Stick. Com o lema: “ Fale macio, carregue um grande porrete e irá longe”, essa política serviu de base para afirmar,ainda mais, a supremacia e o controle dos Estados Unidos na América Latina.




Lembre-se: A Doutrina Monroe e o Big Stick, foram fundamentais para o Imperialismo Norte-Americano
tracking img