O estado da arte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1829 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Guia para o capítulo de revisão da literatura
2009-07-22 Luís Botelho Este documento apresenta um conjunto de indicações sobre como fazer o capítulo de revisão da literatura de teses / dissertações de mestrado e de doutoramento.

Conteúdo
1 2 2.1 2.2 2.3 3 3.1 3.1.1 3.2 4 4.1 4.2 OBJECTIVO DO ESTADO DA ARTE ESTILO E LINGUAGEM HOMOGENEIDADE E COERÊNCIA ESCRITA TOP-DOWN EXPRESSÕES ESTRANGEIRASESTADO DA ARTE SUBÁREA ESPECÍFICA ABORDAGEM ESPECÍFICA CONCLUSÕES REFERÊNCIAS LISTA DAS REFERÊNCIAS REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA AO LONGO DO TEXTO 2 2 2 3 3 4 4 4 5 5 5 7

1

1 Objectivo do Estado da Arte
O objectivo do estado da arte é essencialmente o de mostrar as abordagens concorrentes da abordagem que se vai usar na tese para resolver o problema que se vai resolver ou problemas próximos,mostrando as vantagens e deficiências dessas abordagens concorrentes, e identificar com clareza quais dessas deficiências serão colmatadas pela tese que se vai fazer ou que se fez. O objectivo principal tem de ser adaptado ao problema concreto que se vai resolver ou que se resolveu. Por exemplo, por vezes não há abordagens concorrentes porque é a primeira vez que o problema é resolvido. Nessassituações, o estado da arte tem de descrever a área de investigação, mostrando o que já se faz e o que ainda não se faz de modo que fique claro para o leitor que o autor conhece bem a literatura e por isso pode afirmar sem medo que sabe que o problema ainda nunca foi resolvido por outros. Por vezes também, o problema da tese nunca foi resolvido mas problemas parecidos já foram resolvidos. Nessassituações, é preciso também mostrar o que outros fizeram para resolver os problemas parecidos, identificando vantagens e desvantagens das várias abordagens. As afirmações produzidas no estado da arte têm de ser suportadas por referencias bibliográficas que façam as mesmas afirmações quer de forma explícita (caso em que devem ser citações) ou de forma implícita sujeita à interpretação de quem escreve atese. No caso de afirmações do autor da tese, tem de ser claro que se trata de afirmações do autor da tese e não de outros investigadores.

2 Estilo e Linguagem
Uma secção não pode começar nem com uma figura, nem com equações, nem com uma subsecção. Tem de se iniciar com uma breve introdução.

2.1 Homogeneidade e coerência
As descrições feitas no estado da arte devem reflectir e usar aperspectiva e linguagem de quem as escreve. Por exemplo, cada conceito deve ser referido sempre pela mesma expressão. Ainda que o autor A1 referido use a expressão E1 para designar o conceito C e o autor A2 referido use a expressão E2 para designar o mesmo conceito C, o
2

estado da arte deve adoptar sempre a mesma expressão, seja ela da autoria de um dos autores ou do próprio autor da tese. Noentanto, da primeira vez que se fala do conceito C, a propósito de um dos autores Ai, a expressão usada por Ai para esse conceito deve ser claramente indicada entre parêntesis e atribuída a Ai. Este cuidado deve ser mantido sempre que haja a possibilidade de o leitor ter dúvidas sobre a expressão original usada por Ai para o conceito C. Em resumo, deve haver coerência nas expressões usadas ainda quecom o cuidado de manter a ligação às expressões originais dos autores que falaram dos conceitos referidos. Além da coerência / homogeneidade relativa às expressões usadas para designar / referir cada conceito, todas as descrições mais elaboradas que tenham de se repetir ao longo do estado da arte e da tese (e.g., procedimentos, algoritmos, processos) devem também seguir o mesmo tipo dehomogeneidade.

2.2 Escrita top-down
Cada secção e subsecção deve começar pelas principais conclusões para que o leitor que apenas tem tempo de ler as introduções possa saber o principal sem ter de ser obrigado a passar pelo detalhe que não lhe interessa. Por exemplo, em vez de se dizer apenas Esta secção descreve a abordagem XYZ, deve dizer-se, por hipótese, Nesta secção mostra-se que, de acordo com a...
tracking img