O cubismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2271 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1.0 – INTRODUÇÃO:
O cubismo surgiu, no século XX, tendo em Pablo Picasso e Georges Braque os principais pintores. Evidenciam-se as referências a máscaras africanas, que, juntamente com a obra de Paul Cézanne e de Seurat inspiraram o inicio do cubismo.
Foi uma etapa da história das artes plásticas que teve reflexos por todo o mundo, inclusive no Brasil e também se expandiu para a literatura e apoesia influenciando escritores como Guillaume Apollinaire, John dos Passos e Vladimir Maiakovski. Os artistas seguidores desse estilo tratavam as formas da natureza por como se fossem cones, esferas e cilindros, formas geométricas em geral, apresentavam num mesmo plano diversas perspectivas, os cubistas tentavam representar os objetos em três dimensões. A partir desse momento deixou-se de buscara reprodução perfeita da natureza.

2.0- CONTEXTO:
O século XX inicia-se num período, pós-revolução industrial, com progresso tecnológico. Tão importante quanto os avanços industriais foram as novas teorias como, por exemplo, empirocriticistas, que acreditam que a percepção sensorial é um muro que impede as pessoas de terem contato com o real, fenomenológicas, que estuda a consciência e seusobjetos. Voltaram o idealismo e o espiritualismo, com o intuito de criticar o positivismo.
Além desses, outros fatores históricos foram muito importantes no começo do século, Primeira Guerra Mundial e Revolução Russa. Esses conflitos levaram o homem moderno a uma tensão permanente.
3.0- ORIGEM:
O cubismo surgiu na França do século XX como um movimento das artes plásticas, porém, se estendeu paraa literatura sob a ótica de autores como Guillaume Apollinaire, André Salmon, Cendrars, Maurice Raynal, e Vladimir Maiakovski.
Seurat foi um francês que, a partir do conceito de cores complementares e de sua crítica aos impressionistas, que segundo ele sempre tornavam por mesclar a mesma paleta cromática, surgiu com o divisionismo (ou Pontilhismo). O pintor tentava, a partir da aproximação dascores, fazer com que o a visão humana enxergasse outras cores que na realidade não estavam presentes, como uma ilusão de ótica, com isso, buscava uma visão única da realidade (fig. 1.0). A ilusão provocada traria uma sensação que só a natureza poderia dar ao homem. O divisionismo tornou-se uma arte racional, regida por regras, dispostas entre a oposição dos volumes dos corpos e das cores.
Ainfluência de Cézanne para o desenvolvimento do cubismo que anos depois o pintor Léger (1956, apud MICHELI, 2004, p. 177) afirma: “Às vezes me pergunto o que seria da pintura atual sem Cézanne. durante longo tempo trabalhei com sua obra. Não conseguia me separar dela, não deixava de explorá-la e de descobri-la. Cézanne me ensinou o amor pelas formas e pelos volumes e fez com que eu me concentrasse nodesenho. Pressenti, então, que o desenho tinha que ser rígido, nem um pouco sentimental.”.
A partir de então foi deixada de lado o conceito de arte do Renascimento, que buscava a reprodução perfeita da natureza.
A concepção de uma nova realidade veio com Seurat, mas Cézanne, pós-impressionista, veio para acabar com a falta de posicionamento e exatidão dos impressionistas. Esse tinha umconceito de como deveria ser tratada as formas na pintura, a partir das figuras geométricas, como o próprio pintor afirma (1926, apud MICHELI, 2004. p. 181): “Na natureza, tudo é modelado segundo três módulos fundamentais: a esfera, o cone e o cilindro. É preciso aprender a pintar essas figuras simples, depois será possível fazer tudo o que quiser.”.
O trabalho de Cézanne era considerado não apenasgráfico, mas plástico. E essa busca por retratar o peso e sustância levou-o a ter diversas perspectivas, e ele trazia todas elas para a mesma tela, criando uma discrepância com as pinturas acadêmicas e tradicionais (fig. 2.0). Cézanne procurava fazer uma arte forte o suficiente para que por si só já baste, não necessite do auxílio de músicas, poemas ou da ciência para ser totalmente compreendida....
tracking img