O corpo fala

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (622 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O livro “O Corpo Fala”, de Pierre Weil e Roland Tompakow, procura mostrar a linguagem manifestada pelo corpo, nos diversos tipos de relacionamentos humanos que temos ao longo de nossas vidas.

Osautores usam a esfinge, como referência para “traduzir” a linguagem corporal. Colocam as três partes da esfinge para mostrar como é dividido o homem: o boi seria a referência para os instintos (oudesejos); o leão refere-se aos sentimentos e, a águia estaria ligada aos pensamentos (ou consciência). O homem somente conseguirá o equilíbrio, quando dominar os “três animais” dentro de si e nadaacontece na vida sem que este equilíbrio se estabeleça.

A mesma coisa acontece com os relacionamentos interpessoais: se não existir uma atração de águia para águia, de boi para boi e de leão para leão,o relacionamento poderá ser incompleto.
Mesmo no dia-a-dia, podemos ver estes sinais com que as pessoas passam seus sentimentos em relação a nós e aos outros. O corpo diz, em uma linguagem nãoverbal se está havendo o feedback, ou seja, boa receptividade na forma como estamos tentando nos comunicar.
A forma como as pessoas se comportam, como colocam os membros em nossa direção ou em direçãooposta pode nos dizer sobre seu interesse em que continuemos nossa comunicação, nossa interlocução ou não.

Para nós, jornalistas essa linguagem pode ser muito importante. Afinal, temos que serobservadores diferenciados dos acontecimentos e das pessoas. Temos que estar sempre atentos se nosso interlocutor está mentindo, sendo sincero, desviando o olhar, nervoso, enfim o corpo pode denunciarmuitas coisas que podem ser importantes para fazermos bem nosso trabalho.

O ponto negativo do livro está em sua linguagem maçante, repetitiva. Embora o ser humano seja muito menos observador do querealmente precisaria ser, esse livro “chove no molhado”. Durante toda a nossa existência, desde tenra idade, aprendemos a decifrar esses códigos do corpo. Nada do que foi discutido é novidade. O nosso...
tracking img