O cinco esses

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1582 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE BAURU – IESB PREVE
Curso de Graduação em Administração de Empresas










QUALIDADE E EXCELÊNCIA EMPRESARIAL
























Bauru
2012
ALINE TELLES
CAMILA XAVIER PIVA

ILUSKA QUADROS AVANTE

JÉSSICA FRANCIELE DA SILVA







QUALIDADE E EXCELÊNCIA EMPRESARIALTrabalho apresentado para o curso de graduação em Administração de Empresas do IESB - Instituto de Ensino Superior de Bauru.
Docente: Maurício Gonçalves de Moura









Bauru
2012
SUMÁRIO




1. Conceito 3
2. Seiri 4
3. Seiton 6
4. Seisso 85. Seiketsu 10
6. Shitsuke 12
7. Referências 14
1. Conceito


A expressão Cinco S (ou 5 S) designa uma ferramenta de gestão desenvolvida no Japão por volta da década de 50 por Kaoru Ishikawa, muito utilizada na área de qualidade e que tem como principal objetivo organizar os postos de trabalho, de forma a aumentar a produtividade do trabalho e diminuir os desperdícios associados aosprocessos do negócio.Alem disso foi desenvolvido para transformar o ambiente das organizações e a atitude das pessoas, melhorando a qualidade de vida dos funcionários, diminuindo desperdícios, reduzindo custos e aumentando a produtividade das instituições. Pelas suas características e objetivos, constitui um dos primeiros passos para uma organização implantar um processo de gestão total daqualidade.
Esta ferramenta também é conhecida como 5 sensos já que a sigla "5 S" deriva das iniciais de cinco palavras japonesas:




Seiri- DESCARTE (Classificação): Separar o necessário do desnecessário, eliminando do espaço de trabalho o que seja inútil.
Seiton- ARRUMAÇÃO (ordem): Colocar cada coisa em seu devido lugar, organizando o espaço de trabalho de forma eficaz.Seisso- LIMPEZA: Limpar e cuidar do ambiente de trabalho. Melhorar o nível de limpeza.
Seiketsu- SAÚDE (Normalização): Tornar saudável o ambiente de trabalho, prevenindo o aparecimento de supérfluos e a desordem.
Shitsuke- DISCIPLINA(Manutenção): Disciplinar e padronizar a aplicação dos "S" anteriores, incentivando esforços de aprimoramento.








2. Seiri


Sensode utilização, que corresponde a eliminar o que é desnecessário, separando-o do que de fato é necessário. Este S focaliza-se na eliminação dos itens desnecessários. Uma das metodologias mais utilizadas é a colocação de etiquetas vermelhas nos itens que não são necessários para a conclusão das tarefas. Com a colocação das etiquetas vermelhas, pretendem-se identificar de forma rápida, fácil e degrande visibilidade, os itens ou bens que, à partida, não terão utilidade num determinado local e que podem ser deslocados para outras zonas.


Como Praticar:
Verificar, dentre todos os matérias, equipamentos, ferramentas, moveis etc. Aquilo que de fato é útil e necessário.


Separar tudo o que não tiver utilidade para o setor:
• Materiais quebrados, obsoletos etc. (porexemplo, aquela velha máquina de calcular que ninguém usa mais);


• Materiais que não tem utilidade para o serviço executado pelo setor (por exemplo máquinas de escrever substituídas pelo microcomputador);




• Materiais estocados sem excesso (por exemplo, manter no setor duzentas canetas esferográficas, quando o consumo é de cinco por mês).


• Materiais já utilizados(por exemplo, Diários Oficiais antigos). Descartar o que não serve, disponibilizando para outros setores aquilo que não é utilizado pelo setor.




• Devolver ao almoxarifado o excedente dos matérias estocados no setor;


• Enviar para venda, como sucata, ou jogar no lixo, aquilo que não tiver outra utilidade.


| |


Resultados
• Desocupar espaço
•...
tracking img