O auto da compadecida e o circo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1050 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ao analisarmos sobre a relação existente entre o Auto e o Circo, em “O Auto da Compadecida”, pesquisamos sobre o que é um auto e o que é um circo.


CIRCO

Local onde se realizam espetáculos diversos que traz diversão para os que o assistem. É uma forma de entretenimento popular, que conta geralmente com números inusitados. Alguns circos contam com a participação em seus espetáculos, deanimais e seus domadores, mágicos, seres exóticos como homens-monstros, mulher barbada, etc. Mas não há como se falar de circo e não citar o personagem principal: O Palhaço. Figura cômica e inusitada, que entra em cena trazendo alegria com sua insolência, seus gestos, perucas, suas roupas e maquiagens exageradas e sua irreverência capaz de satirizar a tudo e a todos. Acreditamos que, atualmente,muitos circos sobrevivem porque se adequam aos gostos e às influências de fora, mas que nunca deixam se acabar a figura central dos espetáculos, que é o palhaço.
Apresentado em um picadeiro, o show circense atrai para o centro os olhares e a atenção de todos à sua volta. O picadeiro é o lugar onde o show é realizado. Do picadeiro é que se produz a alegria das pessoas que acompanham as belezas dosnúmeros e as aventuras de cada artista.
É através do corpo que cada apresentação acontece, visto que ele está sempre em evidência, fazendo com que a ilusão da magia aconteça.
Desta maneira, percebemos que o circo é local de alegria, fazendo com que todos que ali estão, esqueçam seus problemas e tenham o direito a um pouco de diversão.


AUTO

O auto tem o objetivo de instruir sobre os valores,moral e costumes. Sua finalidade não é só instruir como também divertir, sempre através de temas basicamente religiosos, sérios ou cômicos. Carregado de intenção moral, na peça, isso fica claro, desde que entrelaçada à ideia dos problemas religiosos.

PEÇA TEATRAL

A peça “Auto da Compadecida” deixa a ideia de que o teatro sempre esteve inserido aos espetáculos de circo. Esta peça mostra omístico e o imaginário de Ariano Suassuna, autor da peça. O circo marcou a sua infância. O autor já confessou que já teve o desejo de, quando criança, fugir com um circo, apesar de sua falta de coragem.
Ao iniciar-se a peça teatral, os autores são convidados a entrarem divertindo os presentes, usando figuras de circo. Logo após, um palhaço que diz ser o autor do espetáculo, faz as apresentações.Percebemos a metáfora no texto em que a representação (auto) está dentro da representação (circo).
Entendemos que a questão do gênero circense na obra, é “imaginária”, pois o palhaço pede aos seus assistentes que se “imaginem” num picadeiro.


OBJETIVO DO AUTOR

O autor quer, através de uma linguagem humorística e ao mesmo tempo crítica, brincar com temas mais sérios, como o mundanismo nasreligiões, a avareza de alguns burgueses e a miséria do Sertanejo. Através do humor, o autor fala de maneira inteligente dos problemas sociais, políticos e religiosos.
No mundo literário de Suassuna, acreditamos que a figura do palhaço, é de grande relevância, pois, o autor quis usar o circo como estratégia para falar do real através do lúdico.

“O circo é uma das imagens mais completas daestranha representação da vida, do destino do homem sobre a terra. O Dono-do- Circo é Deus. A arena (...) é o palco do mundo” (Suassuna, 1975).






A RELAÇÃO ENTRE OS DOIS GÊNEROS NA OBRA

Entre o Auto e o Circo existe o humor, a sátira, porém, enquanto no circo o show é produzido pelo “povo”, o auto quem produz é a elite. Enquanto no circo é lúdico, o auto é moralista.
No fragmentoabaixo, observamos que Suassuna, através de sua linguagem humorística, quer, por meio do palhaço, ironizar.

Curva-se [palhaço] profundamente e o Bispo entra pela direita,acompanhado pelo Frade.(...) Ante a curvatura do Palhaço, o Bispo faz um gesto soberano, mandando-o erguer-se. O Frade aponta o Palhaço e dispara na risada, tapando a boca com a mão, mas o Bispo olha-o severamente e o Frade...
tracking img