O assustador documento 264

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (470 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nascemos, crescemos e ficamos mais altos e mais fortes do que nossos pais, a base de vitaminas e suplementos lácteos que nossas mães colocaram em nossas mamadeiras. Parece simples, porém algunsmédicos e céticos ainda relutam quanto a fundamental importância da suplementação com vitaminas, proteínas e minerais em nossa alimentação.

Um problema, pela primeira vez apontado em 1936 e discutido noSenado Norte Americano, detectava que o plantio intensivo de alimentos levava ao

empobrecimento e perda de suas características naturais. Era o famoso “Documento 264”. O Dr. Joel Wallach, indicadoa prêmio Nobel em 1991, lembra que muitas propriedades da maioria dos legumes, frutas e verduras simplesmente desapareceram e que não conseguiremos ingerir os padrões mínimos recomendados pela OMS dealguns nutrientes, não importando o quanto as comemos.

Atualmente a lavoura é intensiva e os fazendeiros não dão ao solo o tempo necessário para a reposição dos nutrientes essenciais ao homem. Paraagravar, o adubo utilizado repõe apenas aquilo que interessa à aparência do vegetal e ao lucro do agricultor. Uma cenoura grande e bonita ou uma "super" maçã tem valores nutricionais incrivelmentedesproporcionais a seus tamanhos. Os fertilizantes modernos são constituídos apenas de nitratos, fosfatos e potássio (NPK), por questões de custos. Minerais como selênio, iodo, cromo, cobalto, níquel,flúor - que originalmente estavam presentes nos vegetais - não são incluídos na formulação dos fertilizantes e criam vegetais nutricionalmente deficientes.

Devido ao delicado e sensível equilíbriodo nosso organismo, adoecemos e temos as mais variadas disfunções orgânicas, pela simples ausência de um destes minerais na alimentação. Muitos tratamentos preventivos para doenças graves, têm causadofervor no mundo científico, quase sempre como uma reedição deste mesmo tema. A falta de selênio no organismo causa envelhecimento prematuro, assunto muito presente em pautas atuais. Citamos que as...
tracking img