O assistente social e os novos contornos da questão social: o desafio das práticas socioeducativas como compreensão dos direitos de cidadania.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3095 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O assistente social e os novos contornos da questão social: O desafio das práticas socioeducativas como compreensão dos direitos de cidadania.
*Marlon Brando Alves Pontes

RESUMO: O presente trabalho tentará focar a intensificação do fazer socioeducativo nas práticas do assistente social, objetivando apreender como o profissional, através de leitura das novas realidades e cujoreferencial teórico‐metodológico é a matriz crítica presente no Serviço Social na contemporaneidade, insere-se criando condições fundamentais para a reprodução social na vida dessas classes nas mais diversas áreas, quer seja na esfera pública, quer na esfera privada procurando evidenciar o acesso coletivo e crítico ao conhecimento na ampliação e concretização de direitos sociais existentes nalegislação. Por tanto, utilizou-se de uma revisão de literatura privilegiando alguns autores como Yasbeck, Vasconcelos e Iamamoto.

Palavras‐chave: Serviço Social; Trabalho sócioeducativo; Processos de trabalho.










*Aluno do 5º período de serviço social da Faculdade Santo Agostinho
INTRODUÇÃO

Este artigo tem o objetivo de analisar, por meio de uma breve revisão de literatura, asmúltiplas dimensões constitutivas do exercício profissional do assistente social. Assim, foca-se no trabalho socioeducativo de forma a intensifica-lo em suas práticas, levando em conta o Serviço Social como uma profissão de caráter histórico e bastante mutável dentro relações advindas da própria sociedade, discutindo-se que a partir deste contexto ele é chamado à intervenção na realidade, e nos diversossetores que se constituem campo de trabalho para o assistente social.
Segundo Yasbeck (1999), persistem alguns dilemas na atualidade, um destes, coexistente no Serviço Social brasileiro, o das práticas renovadas ao lado de velhas práticas, e sempre no mesmo espaço: a produção/reprodução social da vida das classes subalternas na sociedade, sem ater-se aos novos contornos da questão social e dosnovos padrões de regulação com que se defrontam os profissionais e as novas políticas sociais na contemporaneidade, assumindo muitas vezes uma dupla dimensão no exercício da profissão.
Sinaliza-se o trabalho socioeducativo como uma das possibilidades interventivas do exercício profissional do assistente social para o entendimento e leitura destas novas realidades, cuja referencialteórico‐metodológica é a matriz crítica presente no Serviço Social na contemporaneidade.


1. O Serviço Social na proposta de ampliação de ações sócioeducativas.

O Serviço Social é uma profissão inscrita na divisão sociotécnica do trabalho, regulamentada pela Lei nº 8662 de 07 de junho de 1993, com alterações determinadas pelas resoluções CFESS nº 290/94 e nº 293/94, e balizada pelo Código de Ética, aprovadopela resolução CFESS nº 273/93, de 13 de março de 1993.
Na divisão social do trabalho, a profissão, insere-se desde sua emergência, no interior dos equipamentos sócio-assistenciais existentes, desenvolvendo uma atuação sócioeducativa junto às classes subalternas, e adjunto as ações de outros profissionais no processo de condições fundamentais para a reprodução social na vida dessas classes nasmais diversas áreas, quer seja na esfera pública, quer na esfera privada (YASBEKC,1999).
Propõe-se então uma análise da profissão, no contexto de novas relações mais ampla, e que condicione novas formas de agir do assistente social, que intensifique e ladrilhe mais práticas sócioeducativas e visem despertar uma consciência da realidade nos indivíduos, apreendendo nestes, não apenas o saber dedireitos, mas o esclarecimento e entendimento destes direitos e como chegar à garantia dos mesmos, conferidos a partir de ações pedagógicas desenvolvidas pelo profissional de Serviço Social. Desta forma,

[...] analisar a profissão supõe abordar, simultaneamente, os modos de atuar e de pensar que foram por seus agentes incorporados, atribuindo visibilidade às bases teóricas assumidas pelo...
tracking img