O aluno como sujeito construtor de seu próprio conhecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1164 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O ALUNO COMO SUJEITO CONSTRUTOR DE SEU PRÓPRIO CONHECIMENTO
INTRODUÇÃO
Esse trabalho tem como objetivo os sujeitos como construtor de seu próprio conhecimento, tendo em vista que uma criança não nasce sabendo a elas são passadas modos de viver harmoniosamente em sociedade.
Abordarei também o papeldo professor como mediador, pois ele no papel de orientador deve apresentar atividades estimulantes para que o próprio aluno descubra caminhos que o levam a seres sujeitos participante, criativos e construtores de conhecimentos e transformações de um mundo melhor.


DESENVOLVIMENTO
Ao analisar as contribuições a respeito do aluno como sujeitosocial, vem em mente a educação, os princípios da vida desde o nascimento de uma criança a elas são dirigidas suas culturas, a educação, suas origens isso tudo oportunizado pela família, pelos pais, em seu próprio universo, exercem o papel na formação dos filhos, mais relacionado a cultura e projeto familiar, como uma das primeiras organizações sociais.
Mediante a essa concepção temos em vistaque uma criança não nasce sabendo, a elas são passadas modos de viver harmoniosamente em sociedade, isso também pode ser considerada educação. Não é só a educação que recebemos em casa que é primordial, devemos priorizar a educação da escola que tem a importância fundamental na formação da sociedade e do indivíduo, pois o papel da escola está previsto em legislação específica. Ela está orientadapor diretrizes e parâmetros curriculares, segue um planejamento formal e articula diversos recursos para proporcionar o que denominamos de educação escolar.
Os professores como mediadores passam as crianças tudo que elas precisam para se tornarem adultos, socialmente e profissionalmente dentre os padrões pré-estabelecidos a seu grupa social, ou seja, a escola é um forte instrumento de coesãosocial, contribuindo para que os princípios básicos oportunizados na família, com vista à concretização de conceitos, valores éticos e morais.
Alem de transmitir os conhecimentos possibilita a interação entre os pares, oportunizando a construção de novos conceitos, a compreensão da vida em sociedade e a participação dos sujeitos exercendo assim a cidadania.
Metodologicamente as proposta de grupos éuma questão importante para promover a interação entre os alunos, as trocas de experiências, análises de diferente ponto de vista, garantindo também a interação com os próprios conceitos, valores, etc.
Entre algumas propostas que permitem a participação efetiva dos alunos podem ser oferecidos seminários, debates, jogos, etc.
Neste sentido ressalta-se também o processo avaliativo que devempriorizar aspectos qualitativos valorizando as contribuições dos alunos durante todo o processo e não apenas em etapas pré-estabelecias.
Para que o aluno possa adquirir o conhecimento é necessário que haja interação do indivíduo com o mundo, assim como a interação com os outros alunos.
Segundo Piaget o desenvolvimento se dá através da relação do aluno com o meio em que vive.
O professor tem o papelimportantíssimo na formação desse sujeito como construtor de seu próprio conhecimento, pois ele no papel de orientador deve apresentar atividade estimulante para que o próprio aluno descubra os caminhos que elevam a ser mais participantes, criativos, conhecedor e transformador da sua realidade.
Assim também como o professor o papel da escola é significativo, pois na escola o aluno deve entender-secomo cidadãos ativos no processo ensino – aprendizagem, socializando conhecimento e construindo um posicionamento critico referente a qualquer assunto.
Devemos consideram a escola como sendo um espaço de informação e formação onde a aprendizagem propicie a inserção do aluno no contexto social e em um universo cultural.
Exemplificando com atividades elaborei em meu planejamento um projeto no...
tracking img