I censo e pesquisa nacional sobre a população em situação de rua – síntese dos resultados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2676 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução:
O contexto do livro: Rua aprendendo a contar relata sobre a situação de moradores de rua, onde procura solucionar desafios, resgatar a autoestima, a dignidade de cada pessoa na perspectiva de reconstrução de vínculos familiares, de vidas, esperanças. E também mostram em dados e estatísticos como as pessoas nessa pequena população foram parar nas ruas.
Onde dão visibilidade aosproblemas da sociedade e também encontram respostas para os seus problemas e juntos construir soluções.
Através desses dados a finalidade é chegar aos mais pobres, pois são os que mais precisam. Lendo os sinais visíveis para mudar a realidade desumana e assim, recuperando a dignidade de cada um.

Resenha
Para ocorrer o I Censo e Pesquisa Nacional sobre a População de Rua, tiveram movimentos sociaisdessa população. Esses queriam realizar um levantamento para conhecer mais a respeito do modo de vida e das características socioeconômicas desse segmento, tinham como principal objetivo formular políticas públicas dirigidas a essa população.
A Tendência era de ter maior concentração de pessoas em situação de rua em municípios mais populosos e nas capitais de estados. Devido a isso a pesquisa foirealizada em 71 cidades do país, abrangendo 23 capitais, além de 48 outras cidades com população superior a 300 mil habitantes. A proposta metodológica era de ir além do registro de pessoas em situação de rua. Procurando conhecer as características desses indivíduos para orientar a construção de políticas mais adequadas para o grupo em foco.
Foram feitas dois tipos de abordagem; a abordagemcensitária- com identificação do número de indivíduos e a coleta de um conjunto de informações traduzidas em um questionário menor. A abordagem amostral com a coleta de um conjunto de informações aplicadas a um em cada dez indivíduos identificados.
A construção metodológica apoiou-se na experiência de outras instituições que haviam realizado censos da população em situação de rua em São Paulo, BeloHorizonte e Recife. Com tudo a realização do censo permite a identificação das especificidades regionais ou municipais de maneira que possam ser traduzidos em estratégias políticas de intervenção com maior aderência ao perfil dos membros dos agrupamentos sociais de cada área, possibilitando a comparação inter-regional de segmentos desse setor de população.
As experiências de censos anteriores,realizados em quatro municípios foi central para a antecipação das principais dificuldades de um levantamento mais amplo. Essa aprendizagem foi relevante na pesquisa e na elaboração do trabalho. Observa-se em outras pesquisas critérios para definir a localização e a identificação dos indivíduos em situação de rua e os horários para uma melhor abordagem. No período noturno onde a mobilidade dessa populaçãoé maior, importa que o levantamento das informações seja realizado no menor tempo possível para diminuir a dupla contagem.
A estimativa do tamanho das equipes de campo pautou-se na expectativa do MDC de que as entrevistas fossem realizadas em apenas uma noite em cada grande área de concentração de pessoas em situação de rua. Como precaução para reduzir os efeitos da mobilidade sobre a dinâmica econfiguração das ruas, recomendou-se que a coleta de dados não fosse realizada em feriados ou datas festivas, finais de semana, no inverno ou em datas próximas ao fim de ano.
Além dos desafios de mobilidade foi importante antecipar a especificidades para o contato com essas pessoas, na rua ou em instituições. O MDC, por meio da Secretária de Avaliação e Gestão da Informação e da SecretariaNacional de Assistência Social, justamente com a empresa contratada por via licitatória para realizar a pesquisa, ciente da complexidade que envolve uma pesquisa como seguimento tão diversificado, promoveram discussões aprofundadas sobre as referencias teóricas para o estudo, todo processo contou com a participação ativa de movimentos sociais e organizações interessadas que atuam junto a população em...
tracking img