Pensar bh

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 68 (16891 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PREFEITO MARCIO LACERDA
CÂMARA INTERSETORIAL DE POLÍTICAS SOCIAIS
SECRETARIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOCIAIS
SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE DIREITOS DE CIDADANIA SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE ESPORTES SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE FUNDAÇÃOMUNICIPAL DE CULTURA SECRETARIAS MUNICIPAIS DE ADMINISTRAÇÃO REGIONAL

Pensar BH/Política Social, nº 29 - julho de 2011. Belo Horizonte. Prefeitura de Belo Horizonte/Câmara Intersetorial de Políticas Sociais. 1. Política Social 2. Administração Pública 3. Prefeitura de Belo Horizonte CDD 323 ISSN 1676-9503

Apresentação

População de rua: compromisso com a inclusão social
É com muitoorgulho que vemos mais uma edição da Revista Pensar BH/Política Social chegar às mãos de nossos leitores, se consolidando como um instrumento de debate de idéias das principais questões do cotidiano de nossa cidade. Belo Horizonte é, neste século XXI, uma metrópole com muitos desafios, mas constatamos que a sociedade, por intermédio de seus variados segmentos, assume a postura de participar e serparceira na busca de caminhos e soluções para a construção de uma cidade mais justa e mais humana. O nosso compromisso, principalmente com o cidadão, deve ser o da inclusão social, onde os direitos e os deveres são de todos e não apenas de alguns. Por este motivo, é muito oportuno o enfoque especial que a Revista Pensar BH, que completa dez anos de existência, dá à questão dos moradores de rua. Durantedécadas, esta foi uma população invisível aos olhos da sociedade. Mas, em Belo Horizonte, a situação dos moradores de rua e dos catadores de materiais recicláveis passou a ser prioritária nas políticas públicas do município que são referência para os demais estados. Desde o início da década de 1990, os projetos e ações da Política Municipal para a População de Rua são desenvolvidos por meio daSecretaria Municipal Adjunta de Assistência Social, com o apoio do poder federal, e em parceria com os movimentos sociais, as ONG e a sociedade civil. O objetivo é viabilizar políticas inclusivas para essa população, que hoje conta com vários equipamentos e serviços, e também novas alternativas de vida. Podemos destacar o Serviço de Abordagem Social nas Ruas, que integra o Centro de ReferênciaEspecializado da Assistência Social (Creas), e está localizado nas nove regionais da cidade; o Centro de Referência da População de Rua, construído em 1996, é um marco na história da cidade; o Abrigo São Paulo, parceria da Prefeitura com a Sociedade São Vicente de Paulo; o Serviço de Acolhimento Institucional para População de Rua e Migrante (albergue noturno); o Abrigo Pompeia e as Repúblicas MariaMaria e Reviver. Mais recentemente, a Prefeitura instituiu dois importantes espaços de proposição, acompanhamento, monitoramento e avaliação das políticas voltadas para esse segmento no âmbito do Município, a saber: Grupo Executivo Intersetorial sobre População em Situação de Rua e Comitê de Acompanhamento e Monitoramento da Política Municipal para População em Situação de Rua, constituído,paritariamente, por 11 integrantes do Poder Público Municipal e 11 da sociedade civil. Hoje, podemos afirmar, com certeza, que Belo Horizonte está no rumo de garantir os direitos desses moradores de rua, que vem realizando uma longa travessia para deixar de serem excluídos. Essa edição da Revista Pensar BH é mais uma oportunidade para que a temática ganhe maior visibilidade, e para que cada cidadão possaassumir o seu compromisso de inclusão social. Uma boa leitura a todos.

Marcio Lacerda Prefeito de Belo Horizonte

PENSAR BH/POLÍTICA SOCIAL JULHO DE 2011

3

Pensar BH/Política Social
Especial/Viver nas ruas 5 População em situação de rua e o direito à Cidade
Egidia Maria de Almeida Aiexe

Política Urbana 38 Efeitos imediatos nos espaços de sociabilidade do
Aglomerado da Serra...
tracking img