E a psicologia entrou no hospital...

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1509 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha crítica dos capítulos 01 e 03 do livro: E a Psicologia entrou no hospital..

Capítulo 1: Roteiro de avaliação psicológica aplicada ao hospital geral

A colaboradora inicia o capítulo explanando sobre a questão da Psicologia Hospitalar se enquadrar em diversas áreas da mesma pelo fato de pegar “emprestado” alguns recursos metodológicos e técnicos de várias ênfases como por exemplo aorganizacional, educacional, dentre outras, aonde visa questões sobre a qualidade de vida e dignidade sendo que o foco aonde essas questões são tratadas é no âmbito doença/internação hospitalar.Apesar disso, não se deve deixar de lado a questão de desenvolver novos matérias que possam melhor se encaixar para serem trabalhados na dinâmica hospitalar, pensando nisso é que foi feito um roteiro deavaliação psicológica para que possam trazer dados mais detalhados sobre o paciente,algumas funções deste roteiro será descrito abaixo:
Função diagnóstica: Auxilia na determinação das causas e distúrbios psicológicos no paciente,facilitando na descoberta de quadros patológicos;
Função de orientador de foco: Permite sabermos do foco aonde iremos agir juntos com o paciente,sabendo que o nosso tempocom o paciente é curto, e sabendo que o mesmo vem de uma situação de crise que ocasionou o seu mal- estar,devemos então utilizar uma abordagem breve com o mesmo, para podermos priorizar os fatos importantes a serem resolvidos.
Fornecimento de dados sobre a estrutura psicodinâmica da personalidade: Considera o processo de adoecer e o tratamento do paciente.
Instrumento de avaliação continuada doprocesso evolutivo da relação do paciente com sua doença e tratamento: O psicólogo deve fazer observações evolutivas no paciente, como mudanças de foco,algum tipo de intercorrências internas ou externas que pode alternar algo no mesmo, e se houver necessário, fazer com que o paciente resignifique a sua doença,levando- a aceitação do quadro em que ele passa.
Histórico da pessoa: Deve-se fazeruma coleta de informações sobre o paciente, proporcionando ao mesmo a possibilidade de falar sobre o que o aflige e aos psicólogos a realização da escuta terapêutica para que possamos compreender os conteúdos e as queixas do mesmo.
Possibilitar diagnóstico diferencial quanto a quadros psicológicos/psiquiátricos específicos: Este item aborda que não é tão comum encontrar no Hospital Geral pacientesque apresentem problemas psiquiátricos e quando isso ocorre são quadros relacionados a psicose,síndromes relacionadas a doenças de adaptação, q quadros convulsivos. Vale ressaltar que existem tratamentos que podem deixar o paciente com episódios confusionais, exemplo disso podemos citar a hemodiálise.
Estabelecimento das condições de relação da pessoa com o seu prognóstico (limites xpossibilidades): O objetivo é facilitar o entendimento do paciente com a sua doença e internação, papel de fundamental importância para o atendimento do psicólogo no hospital para transmitir as informações para a equipe de saúde e também para os familiares terem uma boa orientação de como lidar com o seu ente que encontra-se interno.
Os autores afirmam que além da identificação,existem 13 itens que setorna importante explanar:
* O estado emocional geral; no qual possibilita uma visão geral do quadro emocional do paciente;
* Sequelas emocionais do paciente: avalia se ocorreu no paciente alguma sequela que possa influenciar o seu processo de internação, tratamento e como o mesmo lida com a sua doença;
* Temperamento emocional observado: Este item é importante para perceber se opaciente apresenta pré-disposição a desenvolver traços maníacos, depressivos e hipomaníacos;
* Postura frente à doença e à vida: Caracteriza-se como a valorização dada pelo paciente a sua vida;
* Estado atual frente à doença/hospitalização e à vida: Este item observa-se como está o humor do paciente frente à doença, hospitalização e à vida;
* Questionário específico: Refere-se a parte...
tracking img