A sociedade dos ciberhumanos: 1 qual a sociedade que queremos construir?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação
XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Caxias do Sul, RS – 2 a 6 de setembro de 2010

A Sociedade dos Ciberhumanos:1 qual a sociedade que queremos construir? Christyne Marques Rodrigues2 Universidade do Rio Grande do Sul

Resumo: Este artigo examina a sociedade cibernética. Parte da análise dastransformações identificadas na comunicação, na cultura, na economia e na política, geradas a partir da intensa ampliação da rede mundial e das tecnologias usadas tanto na produção de materiais, quanto na disseminação do conhecimento. Baseia-se para isto em teorias já existentes, associadas à observação de práticas atuais. Sabendo-se que este é um processo em curso e que por isso, muitas mudançasainda virão, não existe a pretensão de esgotar o assunto. O que se busca com este estudo é traçar uma perspectiva de possibilidades dentro deste universo de opções. Onde persiste a consciência de que existe espaço para todos os sujeitos e todos os mercados; e que isto depende basicamente das ações humanas e do desenvolvimento social. Palavras-chave: Multimídia; Tecnologias; Cultura; Inclusão Digital;Sociedade

Introdução: No princípio de tudo, era a oralidade, a informação era transmitida àqueles que escutavam as histórias. Evoluiu então para a palavra escrita, onde já era possível registrar a história, surgiam escolas e a imprensa, desenvolvendo o saber e ampliando a comunicação. Inventou-se o telefone, o rádio, a televisão; cada qual em seu tempo, cada qual com suas especificidades efunções; mas a informação, ainda era o limite entre o saber e o acreditar no que se publicava nos jornais, no que se ouvia dizer no rádio, ou no que se via na televisão. A informação durante todo o desenvolvimento da humanidade sempre esteve centralizada nas mãos dos grupos de poder. A internet também foi criada com este fim; mas devido à ação de um grupo de estudantes californianos, classificadosdepois como hackers, os códigos começaram a ser quebrados. Iniciava-se, com este movimento, a disseminação da informação pelo espaço, em um processo crescente e inevitável; gerando a descentralização da informação. Este acontecimento traria profundas alterações na sociedade, mas ainda não se podia perceber o quão significativo

1

Trabalho apresentado no GP Cibercultura, X Encontro dos Grupos dePesquisas em Comunicação, evento componente do XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 2 Estudante de Graduação 8° semestre do Curso de Relações Públicas da UFRGS-RS, email: christyne.has.rodrigues@gmail.com

1

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação
XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Caxias do Sul, RS – 2 a 6 desetembro de 2010

ele poderia ser, era a década de 1980.

Enquanto isto emergia na sociedade um

movimento paralelo, decorrente da popularização das câmeras de vídeo e de fotografia. Na França, foi chamado de Nouvelle Vague, no Brasil recebeu o nome de Cinema Novo. “Uma câmera na mão e uma idéia na cabeça!” Este era o jargão que definia os novos cineastas experimentais que buscavam novas formasde decifrar a vida, outras interpretações de nossa sociedade, para além da concepção de mundo perfeito, produzido por Hollywood.

Deste movimento cultural resultou a criação de uma nova linguagem; a linguagem do videotape, onde não existia linearidade, a simples associação de símbolos construía os sentidos. A ressignificação de valores, a partir do olhar popular começava a ser praticada, deforma restrita, tendo em vista que estes filmes acabavam sendo exibidos a uma minoria intelectualizada em pequenas salas de exposição. A televisão e o cinema tradicional acabaram apropriando-se desta nova e dinâmica forma de comunicação; a multimídia alcançava o mercado de massa, a nova linguagem, com seus conceitos, era incorporada ao cotidiano. Inicia-se um processo de desenvolvimento cognitivo...
tracking img