A sexualidade no entardecer da vida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2655 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A sexualidade no entardecer da vida 2012

A sexualidade no entardecer da vida

Sarah Mabell Rios¹

Resumo O artigo de Almeida e Lourenço (2008) intitulado por “Amor e sexualidade na velhice: direito nem sempre respeitado” apresenta uma abordagem sobre o modo como a sociedade percebe a sexualidade e o amor dos indivíduos na velhice, enfatizando alguns preconceitos, tabus, e estereótipos, comos quais os idosos se deparam durante o seu enamoramento e, a vivência de sua sexualidade, além de salientar, a necessidade de se romper com esses paradigmas para que o envelhecer possa ser compatível com uma boa qualidade de vida. Respaldados nesse artigo, o presente ensaio procura desenvolver um estudo sobre a forma como a sociedade percebe a sexualidade do idoso, além de apresentar as mudançaspelas quais o corpo passa durante a fase da velhice. Destaca-se ainda, o modo como a sexualidade é entendida e desenvolvida pelos idosos, e de que maneira o amor se perpetua nessa fase do ciclo vital. ______________________________________________________________________ Palavras- chave: Velhice; Sexualidade; Sociedade; Amor.

Introdução
“A sexualidade é uma necessidade do ser humano, cujadinâmica e riqueza deve ser vivida plenamente. Esta nasce, cresce e evolui com o ser humano, sendo por isso necessária para a realização plena, como pessoa, de todo o indivíduo. O amor e o prazer que daí se retira não termina com o envelhecimento” (SILVA, 2006) _____________________________________________________________________________ 1- Acadêmica do Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades, comárea de concentração em Subjetividade e Comportamento Humano, da Universidade Federal da Bahia. 2012.1

1

A sexualidade no entardecer da vida 2012 O itinerário do ciclo vital do ser humano é uma totalidade das suas experiências vividas, das suas emoções, objetivos, desejos e ideologias que vão se firmando com o passar do tempo. Assim como a infância, a adolescência e a vida adulta, avelhice é considerada como uma etapa da vida, marcada por mudanças de nível físico, mental, social e sexual. A Organização Mundial de Saúde define que o sujeito é considerado como idoso a partir dos sessenta anos de idade. A velhice é uma fase da vida que não tem uma idade exata para começar, pois é um momento que varia muito de indivíduo para indivíduo, uma vez que depende da disposição e dosinteresses que o sujeito possui em relação a sua qualidade de vida. Segundo Neri (2001) o envelhecimento pensado em termos biológicos compreende uma série de processos que acarretam a transformação do organismo, sobretudo após a maturação sexual, e tem como consequência a diminuição gradual da probabilidade de sobrevivência. Tais processos, considerados de natureza interacional, iniciam em épocas e ritmosdiferenciados para cada parte do corpo, provocando resultados diferenciados. Na perspectiva do desenvolvimento life-span, o envelhecimento é uma experiência heterogênea, isto é, ocorre de modo diferente para indivíduos e sociedades que vivem em contextos históricos diferentes. Dessa forma, pode-se dizer que “existem diferentes padrões de envelhecimento, raramente observáveis em estado puro”(BALTES, 1987, apud NERI, 2001, p.22).  O que é ser idoso? – Repercussões e representações sociais

Na contemporaneidade, pensar na Velhice nos remete muitas vezes, a concepções, imagens e representações de uma fase do ciclo vital, marcada por perdas nas condições e atividades corporais, surgimento de doenças, desgastes,

enfraquecimento, incapacidades, dependência, fim, decadência, inatividadesexual, fragilidade, vulnerabilidade, solidão, sofrimento, abandono, desanimo. No entanto, em contrapartida a todo esse aparato moldado por uma sociedade, na qual alimenta a ideia de velhice como um sinônimo de perda, estudos contrapõem essa concepção à sabedoria, experiência e ao conhecimento adquiridos com o envelhecer que, são repassados as novas gerações. Assim, percebe-se uma relação em que...
tracking img