A pratica do planejamento participativo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1471 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A PRÁTICA DO PLANEJAMENTO PARTICIPATIVO

Segundo o autor, quando a escola é bem conduzida, ela se torna responsável pelo bom andamento social. É na escola que se aprende a ser um bom cidadão, a sociedade cresce, desenvolve-se na proporção direta do investimento em educação.
Quando se pensa a relação da escola com a sociedade, são possíveis pensamentos diversos. Obviamente, qualquer um delesrepresenta corrente de interpretação (com fundamentação filosófica, científica, ideológica ou do senso comum) e é, portanto, parcial. Uns abrangem mais elementos explicativos, sendo, deste modo, mais completos e globalizantes. Outros, por contemplarem menos elementos na análise, são mais restritos e pobres. Todos, a seu modo, contêm verdade mais ou menos ampla, explicando, portanto, de maneiramais ou menos clara a realidade. (Pg. 13)

O autor entende que estamos vivendo uma época de mudanças de valores e que mudanças são importantes na vida do homem, mas não devemos esquecer que os princípios também são importantes.
Mudanças são importantes para que se recupere ou preserve alguma coisa ou algo perdido.
A contemporaneidade e a crise. O contemporâneo é, sobretudo, a crise. Não nosentido econômico, mas no sentido cultural e filosófico. E, mesmo assim, não no sentido do sofrimento que toda indefinição nos traz, mas no sentido de que estamos num momento de julgamento, de decisão, de opções, de retomada, de reencaminhamento de nossas vidas, enquanto povo e humanidade. (Pg. 21)

As respostas a estas indagações esta logo mais abaixo quando o autor coloca que tudo isso acontecequando o poder enfrenta um grupo ou pessoas indignadas que querem compreender a situação existente.

A força da crise está nas questões que temos. Por que a miséria? Por que nos sentimos presos? Porque a violência? Por que a destruição da natureza? Por que os bens não são para todos? Por que não conseguimos fugir da guerra? Por que os bens econômicos são os centros da nossa cultura? Por quenão nos encontramos? Por que somos dominados pelas instituições, pelos governos ou pelos meios de comunicação social? Por que a consciência não cresce? Por que os nossos caminhos estão conturbados? Por que um milhão de outros males, enquanto sorvemos com prazer os benefícios que conquistamos?
A contribuição do planejamento. As tentativas de trazer respostas aestas questões foram muitas. As primeiras, até hoje muito fortes, são as de mostrar insatisfação e de tentar esclarecer com mais cuidado os ganhos e as perdas de todo esse processo de desenvolvimento da humanidade. Claro que, como em todas as crises, há lutas, por que, na situação existente que é posta em dúvida, há muitos que detêm privilégios dos quais não querem se desfazer. Por isso lutam comtodas as armas para mostrar as novas tendências como más, como desagregadas e, sobretudo, buscam apropriar-se das novas ideias, enfraquecendo–as pelo uso mesmas palavras, com sentido diverso. (Pg. 23)

A importância da participação de todos , segundo o autor, é pela falta de participação de todos que acontecem as injustiças. O planejamento participativo é importantepara que aja neutralidade e serve também para fortalecer determinados processos de mudanças.

O planejamento participativo parte de uma leitura do nosso mundo na qual é fundamental a ideia de que nossa realidade é injusta e de que essa injustiça se deve à falta de participação em todos os níveis e aspectos da atividade humana. A instauração da justiça social passa pela participação de todos nopoder. Isto quer dizer que a construção de uma sociedade nova, a superação da crise, se quisermos seguir no mesmo modo de falar, passa pela participação de todos. Esta participação significa não apenas contribuir com uma proposta preparada por algumas pessoas, mas representa a construção conjunta de que falo no livro Escola e transformação social. Significa, também, a participação no poder que é...
tracking img