A politica como categoria autonoma - fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento

Capitulo 18 – A Politica como categoria autônoma. (pág. 233 – 241)

O autor apresenta as idéias de pensadores que defendem a teoria de uma novapolítica que, desvinculada da ética e da religião viria a se tornar uma disciplina autônoma, dando mais poder ao Estado.

• Maquiavel:

Maquiavel defendea idéia de que o governante deveria ter capacidade e astúcia para manter, se manter no poder e estabelecer a autonomia política desvinculada da moral cristã;governante esse que teria o apoio do povo e criando condições para um governo republicano.

“Em um primeiro momento, representado pela ação do príncipe, o poder deve serconquistado e mantido, e para tanto justifica-se o poder absoluto; posteriormente, alcançada a estabilidade, é possível e desejável a instalação do governorepublicano” (p. 234)

• Bodin, Grócio e Hobbes

Outros pensadores contribuíram para a formação do “Estado Moderno”, defendiam a idéia de que, para que o Estadogarantise a coesão e a independência eram necessárias fazer uso da soberania do poder absoluto, sendo assim, o Estado teria total autonomia de governo para garantir aordem, a segurança e os direitos de todos a qual fazem parte do Estado.

“O Estado pode ser monárquico, quando constituido por apenas um governante, como pode serformado por muitos, por exemplo, uma assembléia. O importante é que uma vez instituído, o Estado não seja constestado” (p. 239)

O capitulo mostra os novos rumosque a política teve que tomar, rompendo a ligação com o governo da idade média, buscando compreender uma ordem sustentado por um poder soberano desligado da religião.
tracking img