A pessoa que fala no romance

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1533 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A pessoa que fala no romance, de BAKHTIN, M.
Minha parte: da p. 149 até 163
A minha parte engloba a palavra e o sujeito falante em várias esferas.
A começar pela esfera do pensamento e do discurso ético e jurídico, ele fala sobre a grande significação do tema que diz respeito ao sujeito falante, porque o homem e sua palavra é objeto fundamental da ideia e do discurso. Cita as categoriasessenciais do julgamento e da apreciação ética e jurídica e correlaciona ao sujeito falante: a verdade e a mentira, a confissão livre, a responsabilidade são exemplos. A palavra tem que ser autônoma, responsável e eficaz, ela é um índice essencial do homem ético, político e jurídico. Por isso, os resultados dessa palavra nesse âmbito tem um peso imenso na esfera ética e jurídica, por exemplo, ajurisprudência que leva em conta análise de documentos, interpretação de testemunhos e mais além, interpretação de leis.
Desenvolveu-se nesse sentido a técnica jurídica do tratamento da palavra do outro, do estabelecimento de sua autenticidade, do grau de sua exatidão, e etc., porém não colocaram os problemas relacionados à forma composicional, estilística, semântica e a pessoa que fala e sua palavracomo objeto de reflexão e do discurso são tratados na esfera da ética e do direito, unicamente em razão do interesse especial destas esferas. Mesmo com esse interesse especial que se submete os processos de transmissão e enquadramento, é possível os elementos de representação literária da palavra alheia.
Esfera do pensamento e da palavra religiosa (mitológica, mística, mágica): ainda maissignificativo o peso desse tema. Seu principal objeto é o ser que fala: uma divindade, um demônio, um anunciador, um profeta. Atoa muito importantes do pensamento e da palavra religiosa: adivinhação da vontade da divindade, interpretação dos presságios, instruções e palavras diretas de Deus. Todos os sistemas religiosos possuem à sua disposição um imenso aparato especial e metodológico que transmite einterpreta os diferentes aspectos da palavra divina.
Pensamento cientifico: o peso do tema da palavra é relativamente pequeno. As ciências matemáticas não conhecem absolutamente a palavra como objeto de uma orientação. Tratam a palavra de outrem – críticas, trabalhos de outros, referências e citações-, mas permanece somente no processo de trabalho, onde o sujeito que fala e sua palavra não entram.Ciências humanitárias: surge a questão específica do restabelecimento, da transmissão e da interpretação das palavras de outrem, por exemplo, disciplinas históricas. Outro exemplo, filologia, sujeito falante e sua palavra é objeto fundamental do conhecimento. No campo das ciências humanas é possível ter-se um enfoque duplo da palavra de outrem enquanto objeto de conhecimento. A palavra pode serinteiramente percebida de modo objetal (como uma coisa). Assim é a maioria das disciplinas linguísticas. O conhecimento dessa palavra objetivada e coisificada carece de toda penetração dialógica num sentido cognoscível e com tal palavra não se pode conversar. Todo progresso da ciência da palavra é precedido pelo seu “estágio genial”: a relação dialógica com a palavra se aguça, revelando nela novosaspectos. Nesse enfoque estão os domínios da poética, da historia da literatura e também filosofia da palavra. As formas de transmissão e de interpretação que realizam esta cognição dialógica podem relacionar-se com uma representação literária bivocal da palavra de outrem
Gêneros retóricos: o sujeito falante e sua palavra representam um dos objetos mais importantes do discurso retórico. Naretórica judiciária, acusa ou defende o sujeito falante responsável. O discurso do publicista (pessoa que tem contato com o público, jornalista) também diz respeito à palavra e ao homem que é portador da palavra: ele critica um enunciado e constrói como lhe convém uma ação. Na retórica, a significação da palavra de outrem como objeto é tão grande que frequentemente acontece a palavra tentar...
tracking img