A origem dos navios petroleiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (525 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - A origem dos navios petroleiros

Desde os primórdios da civilização, o homem utiliza um composto de hidrocarboneto hoje conhecido como petróleo. O que era antes utilizado apenas comoimpermeabilizante, hoje é uma das matérias-prima mais versáteis de nosso tempo, possuindo inúmeras utilizações em diversos seguimentos da indústria. Com tamanha importância, este produto é amplamentecomercializado internacionalmente e, como não poderia ser diferente, o transporte marítimo é o modal mais utilizado.
Mas como os navios evoluíram até o que são hoje? Sabe-se que o embarque depetróleo fora muito feito por embalagens denominadas barris. Porém, o embarque de petróleo em barris transportados por navios de madeira não era seguro. Portanto, em 1863 o Atlantic foi o primeiro navio atransportar óleo em seus porões, já possuindo casco de ferro. Contudo, o primeiro navio que se pode chamar de navio-tanque foi o Zoroaster, construído em 1878. Em 1886 surge o Glükauf, com 3000toneladas de arqueação, desenvolvido pelo Henry F. Swan. Este era um navio totalmente projetado para o transporte específico de petróleo. Seu sucesso foi tamanho que logo surgiram navios irmãos e, devido aisso, o preço do petróleo caiu pela metade na Europa.
No século 20, consolidou-se a indústria do petróleo e, paralelamente, a navegação a serviço dessa indústria. Durante a 1ª Guerra Mundial, omundo observou a grande importância do transporte de petróleo pelo mar, já que boa parte dele vinha dos Estados Unidos para abastecer as tropas Aliadas durante a guerra. Daí em diante, os estaleirospassaram a introduzir duas anteparas longitudinais centrais, ao invés de uma, criando os navios com tanques centrais e laterais.
Com o fim da “grande depressão” de 1929, o mundo volta a crescere, junto com ele, o consumo de petróleo. Logo, os navios existentes na época já não eram suficientes, então surge os primeiros navios do tipo T2, com 16.500 TPB (Toneladas de Porte Bruto). Contudo,...