A origem da embraer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7044 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As origens da Embraer
Maria Cecilia Spina Forjaz

É tempo de se instalar uma escola de verdade em um campo adequado.
Não é difícil encontrá-lo no Brasil [...] margeando a linha da Central do Brasil,
especialmente nas imediações de Mogi das Cruzes,
avistam-se campos que me parecem bons.
SANTOS DUMONT, 1918

A Empresa Brasileira de Aeronáutica S/A, Embraer, foi fundada em 1969,
durante oregime militar. Era a concretização de um antigo projeto de militares da Aeronáutica de constituir uma indústria aeronáutica no país. Esse
projeto estratégico dos oficiais da Força Aérea Brasileira estava ligado à problemática da Segurança Nacional e relacionava-se com o amplo engajamento dos militares no processo político brasileiro.
Nesse sentido, em sua origem, a Embraer assemelha-se àsindústrias petrolífera e siderúrgica, que também contaram com ativa participação dos
militares na sua instalação. Como a Embraer, a Petrobrás e a Companhia
Siderúrgica Nacional foram gestadas durante o Estado Novo e significaram
um pacto entre militares e lideranças civis vinculadas ao nacionalismo desenvolvimentista da era Vargas, quando o Estado brasileiro assumiu a iniciativa de criar umainfra-estrutura de energia, transportes, siderurgia e comunicações para sustentar o projeto de industrialização nacional.
De fato, já desde a Revolução de 1932 lideranças militares associadas a
Vargas, encabeçadas pelos generais Pedro Aurélio de Góes Monteiro e

As origens da Embraer, pp. 281-298

Eurico Gaspar Dutra, começaram a intuir os vínculos entre potência industrial e potência militar.Perceberam que a Segurança Nacional, à época
chamada “Defesa Nacional”, dependia, em grande medida, de um projeto
mais amplo de industrialização nacional conduzida pelo Estado. Assim, a
doutrina político-militar do Estado Novo e as exigências de ampliação da
defesa nacional, decorrentes da Segunda Guerra Mundial, nutriram o ambiente no qual a arma mais nova das Forças Armadas, a Aeronáutica,começou a planejar o seu futuro. Desse modo, nos anos de 1940 e de 1950
foram criados a FAB, o Ministério da Aeronáutica, o Instituto Tecnológico
de Aeronáutica (ITA) e o Centro Tecnológico de Aeronáutica (CTA), instituições que formaram o embrião da Embraer. Ao recuperar essa origem
remota, retomaremos os elos, pouco explorados na literatura, entre indústria aeronáutica e o projeto político dosmilitares.

A criação da FAB e do Ministério da Aeronáutica
Os primeiros passos no longo processo que levou à criação da Aeronáutica brasileira remontam aos anos de 1920, quando foi instituída a arma da
aviação, ao lado das outras armas tradicionais do Exército, artilharia, cavalaria e infantaria. Estávamos então no ano de 1927.
Os poucos cadetes que escolhiam essa nova arma tinham que ir para aEscola de Aviação Militar do Campo dos Afonsos, onde permaneciam isolados e perdiam o contato com o Exército. Ali desenvolviam um éthos militar diferente, baseado no individualismo, no espírito de aventura e na coragem exacerbada exigidos de futuros pilotos. Queremos com isso sugerir
que os cadetes que buscavam a aviação tinham menos apego à disciplina e à
obediência, características própriasdo espírito militar.
Entretanto, apesar de alguns traços particulares dos aviadores, distintos
dos dos soldados, as doutrinas estrangeiras que orientaram a modernização
do Exército, nos anos de 1920, também balizaram a formação dos futuros
oficiais da Aeronáutica. A organização da aviação do Exército era similar à
francesa e fora implantada sob influência da Missão Militar Francesa deAviação, chefiada pelo coronel Etienne Magnin, que foi também o primeiro diretor de ensino da Escola de Aviação Militar. A lei que criou a aviação
militar previu também o controle dessa arma por um oficial-general do
Exército, mantendo-a subordinada à sua hegemonia.
Já existia, então, a aviação naval, que todavia se pautava por um sistema
diferente, já que só podia integrá-la quem tivesse se...
tracking img