A menina do mar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1291 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO


Este trabalho está relacionado com o livro que li em casa, intitulado “A Menina do Mar, um dos primeiros contos infantis de Sophia de Mello Breyner Andressen. Espero que a realização deste trabalho ajude a enriquecer o meu vocabulário, o meu nível de conhecimento e melhore também a minha capacidade de escrita.2. A MENINA DO MAR

Era uma vez um menino que vivia numa casa próxima de uma praia onde passava os dias a brincar. Sempre que estava bom tempo e a maré estava vaza, o menino aproveitava para lá estar, porque quando a maré enchia, tinha que se ir embora.
Certo dia , o menino estav a deitado na praia quando ouviu várias gargalhadas. Commuito cuidado par a não fazer barulho, levantou-se e pôs-se a espreitar escondido entre duas pedras. Ficou espantado quando viu um caranguejo, um polvo, um peixe e uma menina muit o pequenina a rirem-se. Entretanto a maré encheu e todos tiveram que ir embora. O menino, nesse dia, não parou de pensar no que tinha visto na praia.
No dia seguinte, o menino voltou à praia efoi-se esconder atrás das duas pedras. Lá estavam os quatro amigos às gargalhadas: o polvo, o caranguejo, o peixe e a Menina do Mar. O menino deu um salto e agarrou a Menina do Mar. Depois de muita luta com os amigos dela, conseguiu levá-la para cima de um rochedo e ficaram os dois a conversar. Primeiro, a Menina do Mar pensava que o menino a ia fritar mas mais tarde percebeu que eleapenas queria ser seu amigo. Na conversa que tiveram, a menina disse tudo sobre si e também lhe contou que era a bailarina da Grande Raia que era a dona daqueles mares e mandava em tudo. No fim desta conversa, ficaram-se a conhecer e com vontade de verem o “mundo” um do outro. Com tanta curiosidade, combinaram então que, no próximo dia, o menino a levaria dentro de um balde comágua para esta poder ir ver a terra.
No dia a seguir, o menino ia todo contente por levar a Menina do Mar mas quando chegou à praia, teve uma enorme desilusão : a Menina do Mar estava muito triste! A razão desta tristeza era por-que os búzios ouviram o que eles tinham combinado no dia anterior e contaram à Grande Raia. A dona daqueles mares ficou furiosa e ordenou que os polvos cercassemaquela praia e, no fim da manhã, mandaria a Menina do Mar para outra praia.
O menino tentou levá-la na mesma, mas quando ia a fugir com a Menina do Mar dentro do balde, os polvos apareceram e fizeram com que ele desmaiasse. Quando acordou, já a Menina do Mar tinha desaparecido.
Todas as manhãs o menino ia à praia com a esperança de voltar a ver a sua amiga,mas sempre em vão. Até que um dia, estava sentado num rochedo quando avistou uma gaivota que trazia um frasco no bico. Ela poisou perto dele e disse-lhe que se bebesse o líquido do frasc o já podia respirar debaixo de água. O menino aceitou e, montado num golfinho, foi ter com a Menina do Mar às profundezas do oceano.
Quando lá chegou, ficaram todos muito contentes e então a Meninado Mar contou-lhe que o Rei do Mar tinha dado uma festa e que a tinha convidado para dançar, mas como ela estava triste, dançou mal. No fim da festa o Rei do Mar e ficou a saber qual o motivo da sua tristeza e porque tinha dançado tão mal e mandou a gaivota levar o frasco ao menino.
O Rei do Mar deu outra festa, a Menina do Mar dançou muito bem, todos se divertiram eficaram felizes para sempre.



























3. BIOGRAFIA

Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu no Porto a
6 de Novembro de 1919, no seio de uma família aristocrática.
A sua infância e adolescência decorrem entre o Porto e Lis-
boa, onde cursou Filologia Clássica.
Após o casamento com o advogado e jornalista Francisco...
tracking img