A importancia do brincar no desenvolvimento da criança

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2831 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
 
A brincadeira infantil e sua função no desenvolvimento da criança pré-escolar
 
Luciana Wagner Schöffel
e-mail: luschoffel@hotmail.com
 
[pic]
Resumo: Reconhecendo a brincadeira como uma atividade natural e espontânea da criança, na qual ela apreende a cultura da qual faz parte, este artigo traz uma discussão sobre a importância desta atividade no desenvolvimento integral da criançapré-escolar.
 
Palavras-chaves: brincadeira – desenvolvimento infantil – criança pré-escolar – interação social.
 
O mundo da criança difere qualitativamente do mundo adulto, nele há o encanto da fantasia, do faz-de-conta, do sonhar e do descobrir. É através das brincadeiras, atividade mais nobre da infância, que a criança irá se conhecer e terá a oportunidade de seconstituir socialmente. É também a partir da espontaneidade do brincar que a criança poderá expressar as diferentes impressões vivenciadas em seu contexto familiar e social.
A afinidade da brincadeira infantil com a natureza da própria criança tem reconhecimento histórico, por isso, vem sendo tema de inúmeras pesquisas e estudos ao longo dos anos. É interessante destacar que em todas as concepçõesteóricas sobre o desenvolvimento e educação da criança pequena e na literatura em geral, a brincadeira aparece como um importante recurso na construção de conhecimentos e desenvolvimento integral. A brincadeira é a atividade que faz parte do cotidiano de qualquer criança, independente do local onde se vive, dos recursos disponíveis, do grupo social e da cultura da qual faça parte, todas ascrianças brincam. Dentro desta perspectiva este artigo se propõe a apresentar algumas das idéias de autores que relacionam, cada qual à sua maneira, a brincadeira com o desenvolvimento infantil, com destaque maior para os aspectos mais importantes da teoria histórico-cultural de Vygotsky e seus colaboradores.
Em Huizinga (1971) encontramos a expressão homo ludens para demonstrar que na vida humanaalém da capacidade de raciocinar há uma outra função importante que é o jogo, o qual se faz presente também entre os animais. Para este autor, o jogo é considerado um fenômeno cultural, reiterando que é no jogo e pelo jogo que a civilização surge e se desenvolve. Fica claro que Huizinga emprega também o termo jogo como sinônimo de brincadeira no sentido que aqui damos ao termo.
Brougère(1997,1998) atribui à brincadeira o resultado de relações interindividuais, a qual pressupõe uma aprendizagem social, o que quer dizer que a brincadeira é uma atividade aprendida, complementando “brincar não é uma dinâmica interna do indivíduo, mas uma atividade dotada de uma significação social precisa que, como outras, necessita de aprendizagem” (p.20).
Château (1987, p.37) vê no jogo aexpressão do buscar o outro e, em especial, a expressão do buscar o adulto, a quem a criança procura imitar, salientando que “[...] por não poder trabalhar com o adulto a criança vai primeiramente imitar as atividades. É por isso que nos jogos de imitação tão freqüentes entre 3 e 7 anos, as cenas imitadas são quase unicamente as da vida adulta”.
Orientados por uma visão psicanalítica do jogo,Lebovici e Diatkine (1985) vêem a atividade lúdica como um dos aspectos mais autênticos do comportamento infantil. Para os autores o jogo também supõe uma relação dual, onde “a experiência psicodramática mostra, muito claramente, que o papel não poderia ser assumido sem a presença de um interlocutor real ou imaginário” (p.29). E, no entender de Winnicott (1975), a brincadeira fornece a organização dasrelações emocionais proporcionando o desenvolvimento de contatos sociais, e assume a função de elo entre a relação do indivíduo com a realidade interior, e entre o indivíduo e a realidade externa.
Foi, no entanto, a partir da primeira metade do século XX que as brincadeiras passaram a ser também objeto de estudo entre os teóricos que dedicaram suas pesquisas às representações mentais....
tracking img