A experiencia de hawthorne

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1200 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universitario/Shopping do Vale

A
Experiência
de
Hawthorne

Introdução à Administração
Lia Pressi


Andressa Souza
304
Administração


Cachoeirinha, 11 abril de 2011



Sumário



Origem 3
Experiências 3
Primeira Fase 3
Segunda Fase 3
Terceira Fase 5
Quarta fase 5
Conclusões da experiência de Hawthorne 6
Conseqüências da experiência de Hawthorne 6
Fontes dePesquisa 7



Origem

Em 1924 o Conselho Nacional de Pesquisa da Academia Nacional de Ciência do EUA patrocinou estudos na fabrica Wastern Eletric company, que produzia equipamentos telefônicos, situada na cidade de Chicago, no bairro Hawthorne.
Originalmente os estudos visavam determinar a relação entre a iluminação e a produtividade. Em 1927, foi convidada uma equipe depesquisadores da Harvard Business School, onde a experiência foi coordenada por Elton Mayo, após os resultados inesperados dos testes de iluminação. Estes resultados levaram Mayo a estender ao estudo da fadiga, acidentes de trabalho, rotação do pessoal e do efeito das condições físicas de trabalho sobre a produtividade dos operários.

Experiências

A experiência se desenvolveu em quatro fases,vistas à seguir:

Primeira Fase

Estudo dos efeitos de iluminação sobre o desempenho dos trabalhadores.
Para isso, escolheu-se dois grupos em salas diferentes para trabalharem sob condições idênticas, sua única variável era a intensidade da luz, um grupo denominado experimental trabalharia sob intensidade variável de iluminação, e o outro, de controle, sob intensidade constante.Concluiu-se produzia-se mais quando a iluminação aumentava, caia quando a mesma diminuía sua intensidade, porem observou-se que esta variação deu-se pelo fator psicológico dos funcionários e não pelo fisiológico, pois se obrigavam a produzir mais com o aumento da intensidade da luz.

Segunda fase

Estudo do desempenho com condições mais satisfatórias.
Esta fase denominou-se Sala de Provasde Montagem de Relés, sua finalidade era analisar a fadiga no trabalho, e pelas mudanças de horários e intervalos de trabalho.
Foram selecionadas 6 moças para a realização desta fase que teve uma divisão de 12 períodos, nesta ordem:

1º período
Ainda em seus locais de trabalho, sem que soubessem, foi determinada suas capacidades produtivas, sendo 2400 unidades por semana de cadafuncionaria, sob as mesma condições de trabalho. Este período teve duração de duas semanas.

2º período
O grupo foi isolado na Sala de Prova, mantendo as condições de trabalho, horário medindo-se a produção com duração de cinco semanas. Objetivo foi verificar a mudança do local de trabalho.

3º Período
Fez-se mudança no sistema de pagamentos, onde eram pagas pelas tarefas do grupodurante oito semanas. Resultou-se no aumento da produção.

4º Período
Durante cinco semanas introduziu-se intervalos de 5 min. no meio da manha e mais 5 min. no meio da tarde tendo como resultado o aumento da produção.

5º Período
Por mais quatro semanas se aumentou os intervalos para 10 min. cada um. Aumentando a produção.

6º Período
Aumentaram os intervalos durantequatro semanas, sendo três de 5 min. e mais três a tarde, porem a produção não aumentou, quebrando o ritmo de trabalho.

7º Período
Os intervalos voltaram a ser de 10 min. um pela manha e outro pela tarde, sendo servido um lanche em um deles, este período durou onze semanas e teve aumento de produção.

8º Período
Com as mesmas condições do período anterior, o grupo passou atrabalhar somente ate as 16h30 e não ate as 17h como o grupo de controle, tendo um aumento expressivo na produção durante sete semanas.

9º Período
A jornada de trabalho diminuiu por quatro semanas para as 16hs e se manteve a produção.

10º Período
O grupo voltou a trabalhar ate as 17hs por mais doze semanas e a produção aumentou bastante.

11º Período
Estabeleceu-se uma...
tracking img