A etica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5645 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Apresentação
Prof. Gustavo C. Mousinho

FILOSOFIA GREGA.

FILOSOFIA GREGA

MITOLOGIA GREGA

O poeta é belo porque os seus farrapos são do tecido da eternidade. (Mario Quintana) A poesia não se entrega a quem a define. (Mario Quintana)

Mito
Segundo Aristóteles (Poética, livro I, 1451 b 24) • Como forma atenuada de intelectualidade; • Como forma autônoma de pensamento ou de vida; •Como instrumento de estudo social. Sendo usada pelos sofistas como estratégia mnemônica (arte de cultivar a memória) para poder cultivar conhecimento através de contos mitológicos.

O que é MITOLOGIA?
O mito é:
– Fantasioso; – Pouco lógico; – Explicativo.

É o conjunto de histórias fabulosas dos deuses, semideuses e heróis da antiguidade greco-romana. Também é o conjunto de mitos própriosde um povo, de uma civilização.

Mitologia – Tragédia Grega – Poeta-rapsodo Cosmogonia e Teogonia

• Homero

• Hesíodo

Contos idílicos (efêmero) com o pensamento onírico destes poetas, suas mixórdias, ou seja, confusões não tem uma razão linear.

Período Pré – Socrático ou Cosmológico – Séc. VII a.c. ao Séc. VI a.c.

Primeiros passos para o conhecimento
• Physis: – Mundo físico
•Arché (princípio): – Ponto de partida ou fundamento de um processo qualquer. • Devir (vir-a-ser): – Uma forma particular de mudança, seja ela, completa ou substancial.

Questões Universais
Época Trágica dos gregos, analisa e discute os primeiros passos do pensamento filosófico grego sobre: O universo em si; O tempo; O espaço; Sobre o movimento original que desencadeou a evolução do mundo comoa vemos; e a Criação de todas as coisas em função do devir.

• • • •



Xenófanes Parménides Zenão

Demócrito

Anaxágoras

Pitágoras

Sócrates
Platão

Heraclito

Tales
Anaximandro Anaxímenes

Aristóteles
Empédocles TERMINAR

Escolas Helênicas
• Escola Jônica: Tales de Mileto, Anaxímenes de Mileto, Anaximandro de Mileto e Heráclito de Éfeso; • Escola Itálica: Pitágorasde Samos, Filolau de Crotona e Árquitas de Tarento; • Escola Eleata: Parmênides de Eléia e Zenão de Eléia; • Escola da Pluralidade: Empédocles de Agigento, Anaxágoras de Clazômena, Leucipo de Abdera e Demócrito de Abdera.

TALES
É considerado o primeiro pensador racional, isto é, o primeiro a explicar os acontecimentos recorrendo à razão e não a causas sobrenaturais. Nasceu em Mileto, naJónia, por volta de 624-23 aC. A sua doutrina fundamental reside na identificação da substância universal com a água. A água é, para Tales, a causa material do mundo; aquilo que subjaz a toda a mudança. “(…) Tudo é água e, por consequência, a terra está sobre a água”

ANAXIMANDRO
Concidadão e contemporâneo de Tales, nasceu em Mileto por volta de 610-09 aC. No campo da filosofia substituiu a “água”de Tales pelo  (apeiron) (infinito ou indefinido). A causa material do mundo seria algo invisível tal como é, na medida em que se nos mostra sempre na forma de 1 dos 4 elementos: terra; ar; água e fogo.A mudança do mundo consistiria na alteração do elemento com que o apeiron se nos mostra. “O principio de todas as coisas é o apeiron e dele provêm os céus e o mundo neles contidos” ANAXÍMENES
Discípulo de Anaxímenos, nasceu em Mileto por volta de 546-45
aC. Substituiu a agua e o indefinido de Tales e Anaximando pelo ar. “O ar é um deus, é gerado, imenso, infinito e está sempre em movimento”.

HERACLITO
Último dos pensadores jónios, nasceu na cidade de Éfeso e foi contemporâneo de Parmênides – floresceram por alturas de 504-01 aC. Para Heraclito, um dos pensadores que maisinfluência teve na filosofia, a mudança, ou devir de todas as coisas, caracteriza o mundo. Este é um fluxo constante em que nada se detém. O fogo é para Heraclito o elemento que melhor representa a permanente mudança. “A doença torna a saúde agradável e boa, a fome a saciedade, a fadiga o descanso” “Não podemos banhar-nos duas vezes nas águas de um rio porque outras são as águas que por ele correm”...
tracking img