Lei de hooke

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (879 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE GRADUAÇÃO
ENGENHARIA DE RPODUÇÃO
TURMA A - 3º SEMESTRE


Física II



Relatório do trabalho em laboratório
“Lei de Hooke”
1º BIMESTRE






Sorocaba
Março/2013Relatório do trabalho em laboratório
“Lei de Hooke”

Experimento é realizado visando a Lei de Hooke, utilizando duas molas e três pesos em dois modos de associação (séries e paralelas).Tendo como objetivo este trabalho encontrar a constante elástica da mola, para estas duasassociações. E foi verificado que as molas associadas em série apresentaram força elástica menor de que as que estavam associadas em paralelo.
Introdução

Trabalho referente ao estudo da Lei deHooke, que tem como objetivo verificar e analisar a força de uma mola quando esticada em uma distância x, a partir de uma posição em que está frouxa, a força que ela exerce é dada por, F = k. x, onde aconstante k, chamada de constante elástica da mola, é uma medida da dureza da mola. Um valor de x significa que a mola foi comprimida de uma distância |x| a partir da posição em que esta frouxa. Estamesma lei descreve muito precisamente o comportamento de muitas molas, desde que o deslocamento não seja muito grande. O valor de k é uma medida da rigidez da mola. Portanto, o objetivo deste trabalhoé encontrar a constante elástica da mola, para as associações em séries e paralelos, utilizando a Lei de Hooke.

Material e Métodos

Duas molas: Base com uma régua; Três pesos de massasequivalentes à M1= 22,93g; M2= 49,80g e M3= 50,01g

Foi posicionado uma mola na base com régua, daí foi medido a posição inicial Xo sem peso algum na mola, logo, foi adicionado três pesos, obtendo diferentescomprimentos, respectivamente. Este procedimento foi utilizado para as associações em séries e paralelos, utilizando os mesmos pesos e obtendo diferentes comprimentos.
Resultados e Discussões...
tracking img