A escola e o meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3130 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
a escola e o meio ambiente


Rosana Pereira de Araujo
Professor Orientador: Nilson Corrêa
Faculdade Dom Bosco
Educação e Gestão Ambiental - Especialização Lato Sensu
10/1/2010




RESUMO


À medida que o homem aumenta sua capacidade de intervir na natureza para satisfazer suas necessidades e desejos crescentes, surgem tensões e conflitos quanto ao uso do espaço e dos recursos emfunção da tecnologia disponível. A sua ação tem causado grandes problemas, dentre eles, a poluição, o desmatamento e a ocupação de áreas de maneira descontrolada e desordenada. Se medidas urgentes não forem tomadas, e se não houver uma conscientização de toda a população, as alterações podem até mesmo tornar inviável a manutenção da vida no planeta. Neste contexto, a escola tem papel fundamentalno sentido de implantar na sociedade uma mentalidade ecológica e conservacionista, para que não fique na mão de poucos a busca de soluções para um problema que afeta todas as nações. O presente trabalho, desenvolvido a partir de pesquisa bibliográfica, ressaltando os pontos abordados pelos autores pertinentes ao assunto em questão, tem como objetivo estudar o papel da escola frente aodesenvolvimento de tecnologias criadas pelo homem e a forma como podem afetar o meio ambiente.

Palavras-chave: escola, urbanização, meio ambiente.



INTRODUÇÃO



Hoje, através do processo de urbanização, mais da metade da população do planeta habita áreas urbanas. A cidade é a expressão mais acabada da alteração no espaço natural. Nas cidades os problemas ambientais se manifestam commaior gravidade e atingem diretamente a população no seu dia-a-dia.

A questão ambiental vem sendo considerada como cada vez mais urgente e importante para a sociedade, pois o futuro da humanidade depende da relação estabelecida entre a natureza e o uso pelo homem dos recursos naturais disponíveis.

A escola deve intervir, promovendo numa mudança de mentalidade, conscientizando osgrupos humanos para a necessidade de se adotarem novos pontos de vista e novas posturas diante dos dilemas e das constatações feitas nessas reuniões.

Justifica-se a realização do presente trabalho, considerando-se que os problemas ambientais devem ser estudados na relação entre a sociedade e a natureza, pois, ao tratar da formação socioespacial, das novas territorialidades e temporalidadesdo mundo, aborda-se de forma ampla os processos que geram uma determinada ocupação do solo, as demandas por recursos naturais, o crescimento populacional e a urbanização, entre outros e os problemas deles decorrentes, estabelecendo a forma como a escola pode influenciar na busca de soluções.



1 MEIO AMBIENTE




O termo “meio ambiente” tem sido utilizado para indicar um “espaço”(com seus componentes bióticos e abióticos e suas interações) em que um ser vive e se desenvolve, trocando energia e interagindo com ele, sendo transformado e transformando-o.
No caso dos seres humanos, ao espaço físico e biológico soma-se o “espaço” sociocultural. Interagindo com os elementos do seu ambiente, a humanidade provoca tipos de modificação que se transformam com o passar dahistória. E, ao transformar o ambiente, os seres humanos também mudam sua própria visão a respeito da natureza e do meio em que vive. (BRASIL, 1999, p. 233)



1.1URBANIZAÇÃO

A cidade é a forma de organização socioespacial complexa: seu desenvolvimento depende de infra-estrutura tecnológica, cultural e administrativa. (LUCCI, 2005, p. 253).
As experiências de cada indivíduo emrelação aos diversos espaços da cidade resultam de uma série de fatores, incluindo sua condição socioeconômica.

Os espaços urbanos ou rurais vivenciados por nós acabam tendo um significado especial, pois neles moramos, nos relacionamos com outras pessoas, trocamos experiências, estudamos, trabalhamos, nos divertimos – enfim, desenvolvemos nosso cotidiano.

A industrialização e a...
tracking img