A ditadura militar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2851 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


Ditadura é a designação dos regimes não-democráticos ou antidemocráticos, ou seja, governos onde não há participação popular, ou que essa participação ocorre de maneira muito restrita. Na ditadura, o poder está em apenas uma instância, ao contrário do que acontece na democracia, onde o poder está em várias instâncias, como o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.
Diz-se que umgoverno é democrático quando é exercido com o consentimento dos governados, e ditatorial, caso contrário. Diz-se que um governo é totalitário quando exerce influência sobre amplos aspectos da vida dos governados, e liberal caso contrário.
Ocorre, porém, que frequentemente, regimes totalitários exibem características ditatoriais, e regimes ditatoriais, características totalitárias.
Oestabelecimento de uma ditadura moderna normalmente se dá via um golpe de estado.

















CONCLUSÃO

No tocante a correntes ideológicas, sustentaram a ditadura no Brasil a Doutrina de Segurança Nacional e o Nacional Desenvolvimentismo.
A Doutrina de Segurança Nacional foi um dos mais importantes resultados do ideário anticomunista propagado e desenvolvido pelos colégiosmilitares, no caso brasileiro pela Escola Superior de Guerra, que destinou cursos aos militares e membros da elite civil. Para a Doutrina de Segurança Nacional, a guerra contra o comunismo seria uma guerra total: econômica, militar, social, política, ideológica etc.
Baseava-se principalmente no duplo ideal de segurança e desenvolvimento, englobava uma série de teorias anticomunistas e destruía a essênciado regime democrático, na medida em que anulava as possibilidades da grande maioria da população participar das decisões nacionais. Também transformavam em "inimigo interno" todos que se manifestassem contra o regime imposto, fundado no princípio positivista de "ordem e progresso".
Já o Nacional Desenvolvimentismo, diz respeito a um projeto econômico, social, político e cultural ancorado em umtripé composto por empresas estatais, transnacionais e familiares nacionais. Seu objetivo fundamental era o de promover um desenvolvimento econômico o quanto possível autônomo, fundado na criação de um mercado interno de importância, capaz de mitigar e eventualmente superar a condição de completa dependência que caracteriza um país cuja economia está fundada unicamente na exportação de bensprimários.
Grupos de centro e de centro-esquerda afirmavam o nacional-desenvolvimentismo como meio para se alcançar a efetiva democratização do país. E as formulações autoritárias tinham como pressuposto a impossibilidade de uma implementação do projeto por vias democráticas.











BIBLIOGRAFIA
Ditadura militar, esquerdas e sociedade
Editora: J. Zahar
O fimda Ditadura Militar
Editora: Contexto
O Golpe de 64 e a Ditadura Militar - Coleção Polêmica
Autor: Chiavenato, Júlio José
Editora: Moderna
Site - ditaduraportalprofessor.com.br

A DITADURA MILITAR

A Ditadura Militar no Brasil teve uma duração de 21 anos, iniciando em 1964 e tendo seu término em 1985. Resultou do golpe dado pelos militares em 31 de Março de 64,com o afastamento de então presidente João Goulart e a subida ao poder do Marechal Castelo Branco.
Obviamente que o golpe não ocorreu de uma hora para a outra. Em um contexto de fortes disputas ideológicas e ameaças entre o modelo capitalista, encabeçado pelos Estados Unidos e as potências ocidentais, e o socialismo, liderado pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), algunshistoriadores acreditam que o golpe já vinha sendo ensaiado desde os últimos anos de Getúlio Vargas no poder, nos idos de 1954. Com a Renúncia do mineiro Jânio Quadros em 1961 e a chegada de João Goulart, o Jango, as classes conservadoras brasileiras temiam um aumento da ideologia socialista dentro do país.
O golpe se deu depois de uma grande mobilização das tropas mineiras e paulistas, que culminou...
tracking img