A ditadura militar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (474 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ditadura militar através dos olhos de um Campista


A Ditadura Militar e o Golpe Militar são acontecimentos de um passado, não tão distante, do cenário político do Brasil, muito conhecidos porquem viveu naquela época e sentiu na pele a dor da repressão. A história pode ser imaginada através dos livros, e cada jovem estudante pode ter uma determinada concepção sobre o assunto, mas umexemplo vivo daquela época pode relatar detalhes que em um livro de história jamais poderia ser encontrado.
Os estudantes do 7° Periodo de Jornalismo, alunos do professor Orávio de Campos (tambémsecretário de cultura da cidade) da Faculdade de Filosofia de Campos/RJ, foram privilegiados, no dia 25/06, com uma uma palestra ministrada por quem viveu e sofreu diretamente com a Ditadura Militar, o Sr°Delson Gomes, de 87 anos, atual presidente da Associação Campista dos Aposentados e Pensionistas de Campos dos Goytacazes.
Além de terem a oportunidade de saber detalhes “sórdidos” daquela época, osestudantes puderam conhecer melhor como a Ditadura afetou especificamente a cidade de Campos e a reação da juventude daquela época, que ao contrário dos dias de hoje se engajava em causas políticas emprol da democrácia.
O Sr° Delson, na época militante da esquerda, relatou eventos políticos desde o governo João Goulart, referindo-se a ele como conciliador, até o golpe de 1964 que o tirou dopoder. “ As elites estavam receiosas e acabaram apoiando o movimento da Marcha da Família com Deus pela Liberdade (direita) que era uma resposta ao comício que Jango (João Goulart) realizou na Central doBrasil onde estava sendo acusado de ser comunista pelas elites e pelos militares” analisou o Sr° Delson.
Após o Golpe de 64, deu-se início a luta armada e milhares de pessoas começaram a serperseguidas e presas. Em Campos não foi diferente. De acordo com o Sr° Delson, a imprensa tanto na capital quanto em Campos era monopolizada pelos setores da direita e os de esquerda não tinham jornal...
tracking img