A disciplina de sociologia: seu potencial, suas possibilidades e seus limites frente à escola atual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2814 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NOME: THAÍS FRANZÃO RODRIGUES DA SILVA



A DISCIPLINA DE SOCIOLOGIA: SEU POTENCIAL, SUAS POSSIBILIDADES E SEUS LIMITES FRENTE À ESCOLA ATUAL

O caos instalado nas escolas públicas de hoje chega a nós de uma maneira assustadora, porém, logo nos conformamos, pois, já faz muito tempo que nossos olhos já não são mais sensíveis às injustiças, descasos, “desumanização” crescente, etc. O sistemaescolar sofre a influência de tal conformação. Parece que tudo sempre foi assim e terá de assim continuar, ou seja, há uma ampla desconsideração da escola pública que tem seus alunos vistos sempre como os que não aprendem nada por conta de professores mal pagos que não ensinam nada.
Ao que perpassa por nós, essas condições precárias do ensino público realmente existem, porém, é preciso um fim aessa campanha contra a escola pública e a favor das escolas privadas que nada mais fazem além de direcionar suas aprendizagens somente em vista do vestibular e na maioria das vezes usando mais mecanismos de memória do que de aprendizagem de fato.
A partir do momento em que os professores tornam-se educadores capazes de lidar com o verdadeiro sentido da palavra educar que vem do latim educareque significa conduzir para fora, preparar o indivíduo para o mundo, ou seja, para a sociedade, a Educação ganha um sentido próprio.
O aprendizado na escola, na maioria das vezes, se dá pela aula expositiva do professor, esses corriqueiramente não utilizam métodos capazes de despertar mais interesse nos estudantes. Com as aulas expositivas o professor “transfere” apenas informações e nãopossibilita o aluno participar com a sua vivência e criatividade. Segundo a OCN (Orientações Curriculares Nacionais) o ensino não se reduz à transmissão de um saber através de simples leitura na frente dos alunos ou de aula inteiramente expositivas. Ademais, não é só a mensagem que importa, mas também a mediação com que se apresenta essa mensagem.
É diante deste cenário que a disciplina deSociologia adentra nas escolas de Ensino Médio. O retorno da obrigatoriedade da disciplina de Sociologia nas escolas do Estado de São Paulo, instituído pela Lei Federal n°11.684 de junho de 2008, traz a necessidade de refletir suas especificidades, seu processo histórico e suas possibilidades didático-pedagógicas.
A luta pela (re)inserção da disciplina no Ensino Médio é antiga e perpassadapor diversos interesses político-pedagógicos. Devido sua trajetória intermitente, a disciplina sempre teve dificuldades em se manter nos currículos escolares, prejudicando a consolidação de um corpo docente capaz de produzir consensos acerca de conteúdos programáticos e procedimentos didático-metodológicos. Até mesmo as pesquisas sobre o ensino de sociologia no Ensino Médio, em sua maioria, discutemquestões educativas e curriculares relacionadas à história da disciplina, deixando de refletir sobre os limites entre a sociologia como ciência e a sociologia como disciplina escolar. Compreender o que é uma disciplina escolar implica evidenciar as diversas concepções sobre escola e o saber por ela produzido, evitando reduzir o conhecimento escolar a mera transposição didática do sabercientífico-acadêmico. Tal perspectiva considera a disciplina escolar dependente do conhecimento científico, que deve ser simplificado e reproduzido através de técnicas didático-pedagógicas. Essa abordagem toma a escola como lugar de recepção e reprodução dos saberes acadêmicos e o professor como gerenciador do processo.
Contrariando a idéia de transposição didática, a escola deve ser entendida como lugarde produção de um saber próprio, que possui objetivos próprios, cunhados no meio escolar e, portanto, diversos dos objetivos acadêmicos. Diante disso, a configuração da Sociologia como disciplina escolar deve considerar a indissociável relação entre conteúdos, métodos e finalidades, levando em conta o “complexo sistema de valores e interesses próprios da escola e do papel por ela desempenhado na...
tracking img