A crise economica de 2008

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 57 (14114 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
A grave Crise Econômica que assolou o mundo em 2008 fez com que as grandes Nações adotassem medidas drásticas e emergenciais como métodos de defesa e até de sobrevivência financeira. Este trabalho acadêmico pretende mostrar o porquê de tal crise haver começado, chegado até o ponto em que chegou e as medidas de defesa adotadas pelo Brasil. O tema foi pesquisado para que seja feita umareflexão de como as medidas que são muitas vezes adotadas sem uma devida e séria análise, podem gerar conseqüências catastróficas de magnitudes inigualáveis e até irreversíveis na ordem financeira mundial.
No capítulo 1, será abordada a explicação de como tudo foi iniciado, ou seja, a Crise Econômica de 2008 na forma ainda de um embrião, e de como ela começou a se desenhar diretamente nos EUA, oberço originário da mesma. Quais foram as atitudes tomadas pela população, pelos bancos, pelos investidores e até mesmo pelo Governo, para que a Crise nascesse, crescesse e amadurecesse tanto, a ponto de se alastrar e contaminar todo o mercado financeiro mundial.
No capítulo 2, a Crise, que antes era limitada apenas aos EUA, se espalha pelo mundo, avançando sobre todo o mercado financeirointernacional, e com isso, gerando graves conseqüências em países que até então, encontravam-se em situações econômicas estáveis. Como esses países reagiram e quais as medidas que foram adotadas pelos mesmos para diminuir a recessão que havia chegado, serão temas de abordagens.
No capítulo 3, serão abordados todos os aspectos econômicos relativos à chegada da crise no Brasil, aspectos estes, no sentidode informar como por exemplo, o da indústria brasileira, que até então vinha tendo um crescimento econômico anual, teve uma desaceleração em seu crescimento. Desaceleração também ocorrida em relação ao consumo das famílias brasileiras, que em razão das expectativas negativas que foram criadas pela crise, passaram a consumir menos em comparação aos anos anteriores. A abordagem chega ao setor daagricultura brasileira, que sofreu com uma vertiginosa queda em suas exportações e pela restrição ao crédito, também passando pela inflação brasileira, algo tão temível pelo histórico hiperinflacionário ocorrido no Brasil durante a década de 80. Outros temas, como emprego, balança comercial, câmbio, crédito e bolsa de valores também serão abordados.
No capítulo 4, o pós-crise. Quais as tendênciaspara o Brasil. Quais caminhos e perspectivas adotadas pelo Brasil, para que o futuro seja promissor. Como o mercado interno nacional está se comportando para reagir e sobreviver a futuras crises, como o Governo está “blindando” o país contra mudanças na Economia Internacional. Como o Brasil passou a ser visto pelo mercado financeiro internacional no pós-crise.
Este trabalho acadêmico visa mostrarcomo o mundo e o Brasil adotou medidas necessárias para se defender da grave crise que assolou todo o mercado financeiro internacional. Explicar as atitudes tomadas pelos Governos para que tal crise não pusesse a Economia Internacional e a do Brasil em risco, a ponto de haver recessões internas sem precedentes e com risco posterior de se transformar numa depressão financeira, e por fim, mostrarquais as perspectivas no futuro da economia mundial, seja do ponto de vista interno e externo.
Metodologia: Pesquisa Bibliográfica.

CAPÍTULO 1
A Verdadeira Origem da Crise

A Crise de 2008, como ficou conhecida mundialmente, não começou como muitos imaginaram à época, no ano de 2008, mas sim em 2002, através de fatos ocorridos e várias atitudes tomadas ao longo dos anos.
Em uma crise detamanha importância e proporção mundial, levantar a hipótese de que apenas um único fator tenha sido preponderante para ocasioná-la, soaria no mínimo como uma falta de capacidade de fazer com que outros fatores tão importantes fossem observados e estudados a fundo. Na verdade, foi um conjunto de causas que desencadeou a pior crise financeira mundial desde o Crash de 1929.
No ano de 2002, a demanda...
tracking img