Crise economica de 2008

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
LIBERTAS - FACULDADES INTEGRADAS

CIÊNCIAS CONTABEIS – 1º CIC 2009

IVAN JOSE ALVES AMORIM

DANILO ALVES AMORIM
FAGNER MELO DA SILVA
JOZE NATALIA DE CARVALHO

CRISE ECONOMICA MUNDIAL 2008

SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO – MG
2009

LIBERTAS - FACULDADES INTEGRADASCIÊNCIAS CONTABEIS – 1º CIC 2009

CRISE ECONÔMICA MUNDIAL 2008

Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de Metodologia Científica, do curso de Ciências Contábeis, da Faculdade Liberta - FECOM - Fundação Educacional Comunitária De São Sebastião Do Paraíso.

Orientador: Prof. Edson Bergamaschi FilhoSÃO SEBASTIÃO DO PARAISO – MG
2009
AGRADECIMENTOS

Agradecemos cada um de nós, aos outros membros do grupo por terem realizado o trabalho com afinco e produzido resultados de qualidade.

"Em momentos de crise, só a imaginação é mais importante que o conhecimento." (Albert Einstein)

RESUMO

A crise começou com a venda desubprimes (crédito bancário de alto risco, crédito a devedores duvidosos) no setor hipotecário, onde começou uma onda de calotes nos EUA, falindo alguns pequenos bancos, assim como o Lehman Brothers quarto maior banco de investimentos dos Estados Unidos. Estes fatores têm uma ação não só efetiva de crise financeira interna nos EUA, mas também uma ação especulativa muito forte no mundo, uma vez que éconhecida a influência e potencial de compra dos EUA no mundo. Já influência no Brasil as pessoas que investem no mercado de ações, grandes empresas brasileiras, as operações de crédito, financiamento ficarão mais onerosas e burocráticas, muitas empresas estão contendo gastos, afetando o volume de empregos que seriam gerados, salários, em resumo não haverá o mesmo crescimento mundial. Não é “atoa”que a taxa de desemprego aumento por causa da crise, onde os resultados mostram que o desemprego e as dividas são aliadas a crise econômica mundial.

Palavra-chave: crise econômica mundial, desemprego, mercado de ações

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 7
1.1 Tema: 8
1.2 Problema de Pesquisa: 8
1.3 Justificativa: 8
1.4 Objetivo Geral: 8
1.5 ObjetivosEspecíficos: 8
2. REFERENCIAL TEÓRICO 9
2.1 Começo da Crise Econômica Mundial de 2008 9
2.2 Efeitos nos países Desenvolvidos 11
2.3 A influência no Brasil 15
2.4 Os fatores que geraram o Desemprego 19
2.5 Resistência das Multinacionais 20
2.6 Após a Crise 21
3. METODOLOGIA 24
4. RESULTADOS 28
5. CONCLUSÃO 346. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 35

1. INTRODUÇÃO

A causa da crise que vivemos foi o desequilíbrio na maior economia do mundo, os Estados Unidos. Aproveitando-se da grande oferta a baixas taxas de juros, os consumidores compraram muito, principalmente imóveis, que começaram a valorizar. Porém, depois disso, chegou uma hora em que a taxa de juros começou a subir, diminuindo a procurapelos imóveis e derrubando os preços. Com isso, começou a inadimplência.
A alta do dólar, embora possa eventualmente causar alguma pressão inflacionária, tende a aumentar a competitividade internacional das exportações do país, já que o preço dos produtos brasileiros, em dólares, cai. No entanto, para os setores da economia brasileira que dependem de importações de produtos industrializadossem similar nacional (máquinas e equipamentos, sobretudo produtos de alta tecnologia) ou mesmo de algumas commodities, como o trigo, o dólar alto é um problema.
A taxa de crescimento da economia em 2008 deverá ser afetada, por razão óbvia, pelo menor crescimento do último trimestre deste ano, mas o resultado final deverá apresentar um valor próximo dos últimos dois anos. Entretanto, dada...
tracking img