A criminalidade bordada pela midia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2221 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A CRIMINALIDADE ABORDADA PELA MÍDIA






Sumário: 1 Introdução 2 O Papel da mídia e a sua influência na sociedade 3 Mídia e a Exploração da Criminalidade 4 Consequências 5 Conclusão Referências


Tudo o que foi feito pelo homem pode ser refeito.2
Zygmunt Bauman


Resumo: O presente artigo trata como a criminalidade é trabalhada pela mídia sob um enfoque crítico, revelando seusobjetivos, seus recursos, como a sociedade é manipulada e como o Estado é conduzido por uma onda histérica.


Abstract: This article discusses how crime is handled by the media in a critical focus, revealing their goals, their resources, how society is manipulated and how the state is led by a hysterical wave.

Palavras - chave: mídia; criminalidade; sociedade



Key words: media;criminality; society







































1





















Graduandos em Bacharelado em Direito pela Universidade do Estado da Bahia, Campus IV. Jacobina – Bahia.
2
BAUMANT, Zygmunt O mal-estar da pós-modernidade: 1500-1900. Jorge Zahar Ed. Rio de Janeiro: 1999.



1. INTRODUÇÃO

A violência é um fato socialque sempre foi presente na humanidade.Entretanto tal fato nunca foi tão explorado como nas últimas décadas pela mídia que acaba tratando a violência como um “produto” de mercado,levando assim a sua banalização. Este artigo tem o objetivo de demonstrar a íntima relação entre a mídia e a criminalidade, principalmente em razão de seu papel enquanto formadora da opinião pública.Nesta medida osdiscursos da mídia acabam influenciando a sociedade, criando assim mitos e estereótipos.
A mídia tem certa importância na sociedade, desempenhando o seu papel na consolidação de um estado democrático e com sua vasta rede de canais de comunicação e tecnologias desempenha um papel relevante no processo de mudança cultural e de construção social do crime, o público acaba se valendo dessas informaçõestransmitidas para moldar suas opiniões e atitudes e também para construir uma imagem da criminalidade com base na percepção do que lhe é passado.
No decorrer deste, demonstro por meio de uma breve análise , como a criminalidade é abordada pelos veículos de comunicação,como a sociedade é influenciada e de que modo a criminalidade está sendo explorada pela mídia e os seus reais interesses, por fim sãoapresentadas as conseqüências que são geradas, nas esferas do poder Estatal e em órgãos independentes.





2 O PAPEL DA MÍDIA E SUA INFLUÊNCIA NA SOCIEDADE.
A mídia é responsável por trazer à população as informações do mundo, propor temas de amplo alcance em debate e principalmente de extrema importância para a consolidação de uma sociedade democrática, ao passo que a nossa Carta Magnaassegura seu livre exercício como assim dispõe o Art. 220:
A manifestação do pensamento a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado nesta constituição.
Entretanto o seu papel não se resume apenas em informar e entreter o público, seu alcance é amplo, capaz de influenciar a opinião pública, principalmente na era dasociedade de massas e dos oligopólios de comunicação. Quando os EUA querem implantar sua expansão econômica num país de Terceiro mundo, ela começa por, antes de mais nada, trabalhar com os processos de subjetivação na sociedade, determinando seu modo de agir e pensar.
Sem um trabalho prévio das forças produtivas de formação prévia das forças produtivas e das forças de consumo, sem um trabalho detodos os meios de semiotização econômica, comercial e industrial as relações sociais locais não poderão ser controladas (GUATTARI, 1986).
No caso brasileiro, três grupos de comunicação comandam o mercado em audiência e faturamento resultando em centros formadores de pensamento que se impõem as massas. Elas são as Organizações Globo, o Grupo Folha e o Grupo Abril, apelidada pelo jornalista Paulo...
tracking img