A coruja

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nome: Fernanda Natalina de Campos RA: 004500717
Profª Patrícia Turma: A

A Coruja – Símbolo da Filosofia
A coruja da filosofia é a Coruja deMinerva. Minerva é uma deusa romana. Seu equivalente grego é Athena. A deusa Athena é filha predileta do deus dos deuses, Zeus, e da deusa Metis, cujo nomesignifica “conselheira”, e que indica a posse de uma sabedoria prática.
Athena não nasceu de parto normal. Zeus engoliu a esposa, Metis, para se safar do filhoque, pensava ele, poderia destroná-lo, aliás como ele próprio fez com seu pai, Cronos. O nascimento de Athena se dá de um modo especial: após uma grande dor decabeça, Zeus teve sua fronte aberta por um de seus filhos, e daí espirrou Athena, já forte e grande.
Athena seria a protetora natural de Athenas – uma vezque estava ligada à idéia de cuidado com as habilidades manuais, com as artes em geral, com a guerra enquanto capacidade de proteção e, enfim, com a sabedoria,ou seja, tudo que deveria comandar uma cidade.
A coruja não é bela. Platão era tido como belo, mas Sócrates era horrível. A coruja não é adepta de uma visãounidirecional, ela gira a cabeça quase que completamente, vendo todos os lados. Platão era adepto de uma visão unificadora, mas Sócrates era quase umperspectivista. Platão ensinava em uma escola que, muitas vezes, foi oficial. Mas Sócrates ensinava nas ruas. Foi acusado e condenado por seduzir os jovens, porroubá-los da Cidade, da Pólis. A coruja, por sua vez, é a ave de rapina par excellence, e apanha os descuidados – na noite. Os leva da cidade, para seu ninho.
tracking img