A canoa

Páginas: 2 (286 palavras) Publicado: 27 de agosto de 2013
A CANOA

“Em um largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiro que atravessava as pessoas de um lado para o outro.
Em uma das viagens, iam um advogado e umaprofessora.
Como quem gosta de falar muito, o advogado pergunta ao barqueiro: Companheiro, você entende de leis?
Não, respondeu o barqueiro.
E o advogado compadecido: Éuma pena, você perdeu metade da vida.
A professora muito social, entra na conversa:
Seu barqueiro, você sabe ler e escrever?
Também não, respondeu o barqueiro.Que pena! Condói-se a mestra – Você perdeu metade de sua vida!
Nisso chega uma onda bastante forte e vira o barco.
O barqueiro preocupado, pergunta: Vocês sabem nadar?NÃO! Respondem eles rapidamente.
Então é uma pena, conclui o barqueiro. Vocês perderam toda a vida!
Não há saber maior ou saber menor.”

Paulo Freire
A CANOA“Em um largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiro que atravessava as pessoas de um lado para o outro.
Em uma das viagens, iam um advogado e uma professora.
Comoquem gosta de falar muito, o advogado pergunta ao barqueiro: Companheiro, você entende de leis?
Não, respondeu o barqueiro.
E o advogado compadecido: É uma pena, vocêperdeu metade da vida.
A professora muito social, entra na conversa:
Seu barqueiro, você sabe ler e escrever?
Também não, respondeu o barqueiro.
Que pena!Condói-se a mestra – Você perdeu metade de sua vida!
Nisso chega uma onda bastante forte e vira o barco.
O barqueiro preocupado, pergunta: Vocês sabem nadar?
NÃO! Respondemeles rapidamente.
Então é uma pena, conclui o barqueiro. Vocês perderam toda a vida!
Não há saber maior ou saber menor.”

Paulo Freire
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Canoa
  • PDE
  • Aguas do canoas
  • quilombo de canoas
  • A Canoa Virou
  • Casa das canoas
  • Lombada Canoa
  • Casa das Canoas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!