A arte questiona a transdisciplinaridade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3150 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A ARTE QUESTIONA A TRANSDISCIPLINARIDADE
Anna Barros

RESUMO
O texto visa examinar a transdisciplinaridade sob o ponto de vista da arte e, para tanto, trazer o momento específico em que alguns artistas iniciaram uma busca de integração entre várias áreas de conhecimento.

THE ART AND TECHNOLOGY PROGRAM
Em 1970, o Los Angeles Count Museum, sob a iniciativa de seu curador, Maurice Tuchman,decidiu reunir arte e tecnologia no que se tornou o Art and Technology Program. Esse projeto originou-se da enorme quantidade de informações que estavam transbordando de uma disciplina para outra, e na, Califórnia, principalmente do projeto interespacial da NASA. Robert Irwin (1977: 153), um dos artistas convidados, ressaltou a necessidade de "novos casamentos" entre as disciplinas em lugar desimples trocas de informações, pois as questões surgidas, de complexidade cada vez mais crescente, demandavam mesmo a criação de novas categorias disciplinares.
O projeto de Irwin teve origem na percepção do espaço real, ao qual ele chegara através de questionamentos levantados por sua pintura: a marca no desenho, a hegemonia da figura sobre o fundo, os limites da tela, a significação da moldura e otransbordamento da pintura para os acidentes da parede e para a sombra projetada pela tela. Ele tinha chegado a um cul-de-sac com sua arte, parando de fazer objetos, ciente de que o que o interessava era o próprio fenômeno em sua origem, o que exigia uma revisão de seus conceitos sobre espaço, matéria e energia, para talvez encontrar uma nova maneira de atualizar o conceito de arte.
QuandoTuchman convidou-o, Irwin imediatamente visualizou a possibilidade de entrar em contato com algumas das mais brilhantes mentes científicas da Califórnia, ao invés de fazer uma obra de arte tradicional, apenas maior ou mais tecnicamente complexa. Ele buscava as diferenças entre a forma de pensar e de elaborar as informações recebidas por artistas e cientistas. Tendo um cientista como interface, poderiaabsorver informações que, para ele artista, seriam quase inacessíveis.
Irwin convidou para http://www.megavideo.com/?v=NJD4NOW1 http://www.megavideo.com/?v=RM2TNUIZ http://www.megavideo.com/?v=2Q6H9BP5partilhar de suas investigações, outro artista, James Turrell, cujo trabalho de arte estava voltado a questões semelhantes. A busca por um parceiro na área científica, que pudesse interessar aosartistas, foi longa até, finalmente, encontrarem o Dr. Edward Wortz, que, então, dirigia o Life Sciences Department da Garrett Aerospace Corporation ligada à NASA. O Dr. Wortz tinha um doutorado em psicologia experimental e era responsável por pesquisas psicofisiológicas que abrangiam sistemas de apoio aos vôos para a Lua e ao caminhar sobre ela.
Sua mente, aberta a informações diversas e capaz demanusear interesses cruzados, era ideal para uma troca com os artistas. Assim mesmo Wortz relata sua dificuldade inicial em compreender onde andava a cabeça de seus companheiros. A meta era trabalhar com estados de consciência e de conhecimento, com a percepção dos fenômenos no momento de sua ocorrência, e assim poder manipular esse estado, tornando-o consciente. Usar a tecnologia como um meio paraatingir esses objetivos e não como um fim em si mesmo.

AS PESQUISAS
As pesquisas conjuntas desenvolveram-se principalmente na câmara anecóica do laboratório de psicologia da UCLA, um espaço em concreto, suspenso, para completo isolamento acústico e completamente escuro, e também nos laboratórios da Garrett Aerospace Corporation. Aí, foram montados pequenos espaços hemisféricos (com 360º) comcerca de 1 m. de diâmetro, para produzirem Ganzfelds. Nesses espaços, a percepção da distância altera-se completamente pela ausência de objetos e pela iluminação distribuída homogeneamente pela superfície, a qual cria uma névoa luminosa, quase tangível.
Os tópicos que surgiram à tona, de imediato, foram: a habitabilidade nas viagens espaciais de longa duração e o planejamento de cidades. Eles...
tracking img