A arte como linguagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1213 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A arte como linguagem

Introdução
“A Arte ajuda as pessoas a se entender e a serem entendidas, a se expressar a si mesmas e a alcançar umas às outras.”
Pierre Marie Heijmans

A arte é vista como a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética ou comunicativa. É através da arte que se expressa emoções, ideias e visões individuais, quando a comunicação tradicional (a fala) não ésuficiente.
Muitos acreditam que é no ato da “criação” que a verdadeira comunicação existe, porque o que fica na obra vem de dentro do artista.
Esse traço de comunicação não está presente só na parte objetiva do objeto estético, mas também (e maioritariamente) na parte subjetiva que envolve uma análise mais profunda deste objeto.

Pesquisa

Arte: geralmente é entendida como a atividadehumana ligada a manifestações de ordem estética ou comunicativa, realizada a partir da perceção, das emoções e das ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias de consciência e dando um significado único e diferente para cada obra.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Arte

“A arte permite-nos transmitir a nossa perceção de coisas que não podem ser expressas de outra forma. Na verdade, um quadrovale milhares de palavras, não só pelo seu valos descritivo, mas ainda pela sua importância simbólica. Na arte como na linguagem, o homem é acima de tudo um criador de símbolos, através dos quais nos transmite, de um modo novo, pensamentos complexos. Temos de encarar a arte não em termos de prosa comum do dia-a-dia, que tenha liberdade de coordenar a sintaxe e léxico convencionais, de modo atransmitir novos e múltiplos significados e estados de espirito. Do mesmo modo, um quadro pode sugerir mais do que diz. E, tal como um poema o seu valor reside tanto naquilo que diz como na maneira como diz, recorre à alegoria, à pose, à expressão facial, para sugerir significados, ou então evoca (esses significados através de elementos visuais, como o traço, a forma, a cor, e a composição.”
W. Jason,História da Arte

Afirma-se muitas vezes que o que importa na arte é uma emoção, seja o sentimento do artista, seja o impacto emocional de um trabalho no seu público. Se o prazer é a explicação comum do valor da arte, a expressão de uma emoção é a visão comum da sua natureza. (…) É uma visão muito próximo do Romantismo do século XIX – a convicção de que a verdadeira arte incarna sentimentossinceros (…) Tolstoi escreveu um pequeno livro intitulado O que é a arte? E nele vemos a conceção quotidiana do expressivismo ser exposta com uma ingenuidade espantosa. «A arte é uma atividade humana que consiste em passar aos outros [comunicar], intencionalmente e por meio de certos sinais externos, sentimentos que ele viveu e de os outros serem afetados por esses sentimentos e também osexperimentarem.» Em poucas palavras, Tolstoi capta aqui uma imagem de atividade artística que é muito partilhada: os artistas são pessoas inspiradas por uma experiência de profunda emoção e usam a sua aptidão com palavras ou desenho, ou música, ou mármore, ou movimento, para dar corpo a essa emoção numa obra de arte. A marca do sucesso neste esforço é o estímulo da mesma sensação no seu público. É assimque se pode dizer que os artistas comunicam experiência emocional.
Gordon Graham, Filosofia das Artes, Lisboa, Ed. 70, pp. 43-44.

Arte como linguagem – A arte traduz ou representa uma experiência de vida, uma impressão, uma conceção do mundo… através de um conjunto de elementos representativos – símbolos – sejam sons, palavras, linhas, cores, volumes, movimentos… Estes sinais em que o artistamaterializa a sua intenção, não possuem um significado preciso e unívoco. Ao contrário do que acontece com a linguagem verbal em que evitamos a ambiguidade semântica, na arte, o que é valorizado é a polissemia, isto é, a capacidade dos elementos representativos usados pelo artista poderem ser lidos de muitas maneiras diferentes, convidando o recetor a associá-los a objetos ou situações muito...
tracking img