A antropologia e os dois marxismos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (819 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
3 - A antropologia e os Dois Marxismos

problemas do materialismo histórico

Para o autor, a concepção materialista da história certamente não é um reducionismo funcional, uma vez que nãoconcebe a sociedade como uma modalidade de processo biológicos (darwinismo social). Esse ponto de vista é encontrado no marxismo, mas não em Marx. Para Marx, " o indivíduo é o ser social": o homem só éhomem enquanto membro da sociedade, da mesma forma que o tão louvado "indivíduo" poupador, através do qual a sociedade ocidental se representa a si mesma. Seu naturalismo, era uma síntese do ativismo deHegel menos o idealismo, com o materialismo de Feuerbach menos o reflexioismo contemplativo. O homem faz a si mesmo e à sua consciência através de sua atividade prática no mundo. A posição de Marxsobre cultura e natureza - sua apreciação da cultura humana como uma intervenção na natureza física - vem de encontro a uma corrente antropológica posterior.144, 3
A infra-estrutura responde à maiorsabedoria das coisas-em-si-mesmas, e a antropologia de Marx vem após a produção, mas não está dentro dela.146



Momentos Culturais e Naturais na Teoria Materialista

Dentro do pensamento deMarx, a simples realização da natureza objetiva na cultura humana, sempre foi uma impossibilidade.
Porém, Marx insistia no fato de que a natureza externa é socialmente relativa, dependendo doestágio alcançado e dos objetivos da sociedade.147
O etnólogo do século XX encontra, nos primeiros momentos da teoria materialista, um terreno familiar. Reconhece na concepção materialista da história umamediação entre cultura e natureza, que não foi respeitada, por exemplo, na discussão de Morgan sobre os primeiros estágios da sociedade, mesmo considerando-se a admiração de Marx por essadiscussão.150
Na colocação de Marx, a ordem simbólica é eliminada da produção para reaparecer como "fantasmas" formados nos cérebros dos homens, "sublimados do seu processo material de vida".153156-157...
tracking img