Zootecnia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1328 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
A raça holandesa também é conhecida em todo o mundo como Holstein Frisian. É originária, provavelmente, do cruzamento entre os bovinos que já eram explorados nesse país, há mais de mil anos, e novos animais que nele foram introduzidos mais tarde. Sua principal característica, que o destaca em relação às demais raças, é a sua excelente capacidade leiteira, fazendo com que sejaconsiderada uma das melhores raças leiteiras de todo o mundo. 
A Raça holandesa melhorou muito, através dos anos, graças a um excelente trabalho de seleção e aperfeiçoamento, baseado em um controle técnico e científico bastante rigoroso, ou seja, sob os mais rigorosos padrões zootécnicos. A pelagem dos antigos bovinos holandeses variava muito, inclusive a de cara branca. 

* As característicasespecíficas de cada raça (por exemplo: rusticidade);

O holandês é um gado pesado, de grande porte e com uma ampla caixa óssea. Sua cabeça apresenta uma parte superior ampla; parte fronto nasal estreita e um pouco alongada; órbitas salientes; olhos grandes, escuros, brilhantes e limpos, com um olhar vivo. Os chifres ficam para a frente, tendo pontas escuras; focinho amplo; mucosa escura; narinasdilatadas e cavidade bucal ampla. 
Seu pescoço é bem implantado e articulado nas paletas e na cabeça, podendo ser fino ou médio, alongado e apresentando músculos compactos e em cunha. 
Sua massa muscular é uniforme e compacta. O peito é baixo e anguloso na parte inferior e amplo e largo na superior o que, ligado a uma grande circunferência torácica, significa boas capacidades pulmonar e respiratória.O ventre é volumoso e um pouco descido; costelas alongadas, arqueadas e com músculos intercostais dilatados. Os flancos são profundos; axilas nítidas; dorso forte, com vértebras um pouco salientes; garupa ampla, horizontal e alta. Sua cauda é de inserção ao nível da garupa, é volumosa, comprida e vassoura cheia. 
O gado holandês apresenta as seguintes dimensões: altura na cernelha de 1,23 a1,30m e na garupa, 1,33m. O comprimento do tronco (escápula-isquial) é de 1,60m, com da garupa 0,55m. Perímetro torácico 1,65m; raça tipo bravilíneo, perfil subcôncavo e porte eumétrico ou hipermétrico. 
O úbere é bem conformadas com tetas simétricas, macias, flácidas e separadas. A rede venosa é aparente, abundante; veia mamária sinuosa, ramificada, volumosa e com grande orifício de inserção.Apresenta uma boa rede de irrigação do úbere, o que é importante para a produção leiteira. 
A pelagem pode ser preta e branca ou vermelha e branca. Sua pele é espessa. O peso para touros pode variar de 900 a 1000kg e de 550 a 600kg para as vacas. 
A sua rusticidade é mais acentuada, depois de adaptada a um determinado clima. Quanto ao seu aspecto mais importante, a produção de leite, podemos dizer, deuma maneira geral, que é maior produtora de leite, podendo atingir mais de 50 litros de leite por dia, em 3 a 4 tiradas. O seu leite, em geral, apresenta pouca gordura, com uma média de 3% desse produto.

* Principais utilizações na produção (por exemplo: lã e carne);
A principal utilização da produção é impulsionar a produtividade do leite.
O uso do gado Holandês para corte é descartado.* Região do Brasil onde se encontra a produção;
Não foi estabelecida uma data de introdução da raça holandesa no Brasil. Paulino Cavalcanti (1935) cita que "segundo os dados históricos, referentes à nossa colonização, presume-se que o gado holandês foi trazido nos anos de 1530 a 1535, período no qual o Brasil foi dividido em capitanias hereditárias".
Os maiores criadores residem em SãoPaulo, Paraná e Minas Gerais.

* Importância econômica;

O Brasil é o sexto maior produtor de leite do mundo e cresce a uma taxa anual de 4%, superior à de todos os países que ocupam os primeiros lugares. Respondemos por 66% do volume total de leite produzido nos países que compõem o MERCOSUL. Pelo faturamento de alguns produtos da indústria brasileira de alimentos na última década, pode-se...
tracking img