xxxxx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (438 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Lidar com mudanças

Conceito

O que é mudança?

A mudança é inerente a todo processo vivo. Nós mudamos, o mundo muda. Mas, o que causa uma mudança? São diversos fatores, dentre os quaispodemos agrupá-los em três grupos: Necessidade de sobrevivência, visualização de obsolescência próxima, visualização de oportunidades. Abstrai-se deste agrupamento que os dois primeiros grupos são reativose o último pró-ativo.
Mas, em síntese, o que leva uma organização a mudar é a manutenção da sua sobrevivência. Todo sistema está fadado à deterioração: apenas a mudança pode mantê-lo vivo. Robbins(2002), afirma que mudança é fazer as coisas diferentes e que podem ser classificadas em dois tipos:

- Intencionais: são mudanças lineares que não afetam a convicção de seu participantes.
- Nãointencionais: são mudanças que afetam a organização como um todo e abala as convicções sobre a organização e o mundo que ela está inserida.
Estas mudanças podem ser instituídas, basicamente, de duasformas:

- Por determinação
- Por consenso

Evidentemente, existem diversos “meio termo” entre estas duas classificações. Entretanto, a necessidade de mudanças recai ou em um ou em outro, commenor ou maior influência.
A mudança por determinação é muito mais relacionada às gestões antiquadas, tradicionais, cheias de preconceitos e convicções. Ainda hoje, este modelo de lidar commudanças é muito aplicado, graças a sua simplicidade e de aplicação de baixo custo. Entretanto, na sociedade da informação, empresas que adotam este tipo de abordagem estão fadadas ao fracasso, pois durante aevolução histórica, a administração empresarial passou do modelo mecanicista para o modelo orgânico.
Podemos verificar isso com os modelos de gestão da Ford, da Toyota e da Volvo: Ford via aorganização como máquina, a Toyota vê como organismos e a Volvo como cérebro, aludindo a era da informação. Desta forma, a organização que vê o processo de mudança de maneira mecanicista está fora de...